Chefe de Grey’s Anatomy detona canal após cancelamento de sua série

Além de drama e Station 19 (Estação 19), escritora tentava emplacar outra atração

Publicado em 5/18/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Krista Vernoff, chefe de Grey’s Anatomy e Station 19 (Estação 19), não está feliz com o cancelamento da série Rebel. A atração era o terceiro show da escritora na ABC.

Após cinco episódios, a emissora decidiu terminar a série. A chefe de Grey’s Anatomy foi ao Twitter e desabafou. A publicação, depois, foi deletada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você pensaria, não pensaria? Você dá três séries para eles durante a pandemia, eles te dão cinco episódios. Legal. Legal. Legal”, publicou Vernoff.

No post, a showrunner dos seriados citou uma matéria que indicava uma audiência moderada de Rebel. Os números eram parecidos com os de A Million Little Things (Um Milhão de Coisas), que está na terceira temporada na ABC.

A protagonista de Rebel, Katey Sagal, também ficou sem entender o cancelamento. A atriz afirmou ainda que houve uma mudança de discurso da emissora.

“As coisas demoram tempo para pegar. Rebel conta a história de uma mulher que fala o que é certo, a série tem coração, propósito, diversão e lágrimas. Nós, o elenco, estamos todos coçando nossas cabeças com essa mudança de apoio da ABC”, declarou a famosa em comunicado.

A emissora ainda não se pronuncia.

Grey’s Anatomy, no Brasil, segue no canal Sony. O drama médico também está na Netflix, Amazon Prime Vídeo e Globoplay. Veja abaixo o tuíte deletado de Vernoff.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio