Criminal Minds influencia macabro crime na vida real

Série inspira garoto a matar o próprio pai

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Criminal Minds mostra vários assassinatos macabros e um deles acabou influenciando um crime na vida real. Um garoto de 10 anos matou seu próprio pai e alegou ter tirado a ideia da série.

Jeffrey Hall tinha 32 anos quando levou um tiro na cabeça enquanto dormia na Califórnia, EUA. No dia anteriores, ele teve uma reunião com seu grupo neonazista, um dos maiores do país (segundo o The Washington Post).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo Joseph Hall, que matou o pai, e sua madrasta, Krista McCary, Jeffrey era viciado em drogas e batia regularmente no garoto e em outros membros da família.

Depois do assassinato, McCary disse que seu marido costumava socar e chutar Joseph por qualquer coisa, como falar muito alto. Joseph chegou a dizer à polícia que tinha medo que seu pai fosse colocar fogo na casa enquanto todos dormiam.

Inspirado por Criminal Minds

Joseph disse ter assistido um episódio de Criminal Minds no qual um garoto matou seu pai.

“Um pai malvado fez algo para seus filhos e o filho fez exatamente a mesma coisa – ele atirou nele”, disse o jovem. Segundo ele, a criança no capítulo de Criminal Minds não foi presa.

A investigação sobre o assassinato de Hall continuou e a polícia descobriu que Joseph já tinha histórico de violência, apesar de ter apenas 10 anos.

Ele pode ter começado a planejar a morte do pai quatro dias antes de apertar o gatilho. Ele, no entanto, parecia não entender o conceito de morte e chegou a perguntar à polícia:

“Quantas vidas as pessoas têm?”.

Depois de julgamento, um juiz determinou que Joseph tinha consciência de seus atos e acabou o sentenciando a 10 anos em instituição para jovens.

No Brasil, Criminal Minds ainda é reprisada pela AXN.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio