Escândalo sexual é revelado em aclamada série da Netflix

Produtor foi acusado de conduta sexual inapropriada

Publicado em 31/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Charlie Hanson, produtor e colaborador de longa data com Ricky Gervais, foi demitido de série da Netflix após ser acusado de conduta sexual inapropriada. Ele trabalhava na série After Life, também de Gervais, e foi acusado por 11 mulheres.

Detalhes sobre as alegações não foram divulgadas, mas vieram inicialmente em um email que foi enviado para a Netflix e para o BAFTA, segundo o CinemaBlend. Tal email continha os detalhes sobre as alegações.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o ocorrido, Ricky Gervais emitiu uma declaração (via Deadline) acerca dessas acusações.

“Estou chocado ao saber das alegações históricas feitas por várias mulheres contra Charlie Hanson. Foi tomada a decisão de retirá-lo imediatamente da produção e estou confiante de que o assunto está sendo tratado de forma cuidadosa”, disse Gervais.

Os detalhes exatos das alegações não foram divulgados publicamente, mas um trecho do e-mail original dizia ser um padrão do produtor de 68 anos usar sua posição e conexão para “preparar” mulheres muito mais jovens, às vezes prometendo-lhes uma “carreira de estrela”, antes de explorar essa confiança de“ formas assustadoras e ilegais ”.

Nenhuma das alegações está supostamente ligada ao After Life, e todas as reclamações são sobre comportamento entre 2008 e 2015.

A série é escrita e estrelada por Ricky Gervais. “Desconsolado com a morte da mulher, Tony se transforma num cara insuportável na tentativa de espantar todos que querem ajudá-lo”, diz a sinopse.

After Life está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio