Por que [SPOILER] morre em Lucifer? Real motivo é revelado na Netflix

Personagem tem destino trágico na quinta temporada e chefes da série explicam a razão

Publicado em 28/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

A quinta temporada de Lucifer na Netflix tem uma chocante morte. Como alguns fãs desconfiavam, Dan tem um destino trágico.

Mas, por qual razão o personagem precisou morrer? Todos sabem que um destino como esse em uma série pode envolver uma necessidade de história ou mesmo problemas de bastidores.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Lucifer, o segundo caso parece não contar. Kevin Alejandro, inclusive, está na direção de episódios da sexta e última temporada.

Assim, o co-showrunner Joe Henderson explicou ao CBR o motivo de Dan ser morto. O destino tem forte ligação com Lucifer. Essa morte é para que o Diabo assuma a responsabilidade que precisa ter.

“Um, quisemos que Chloe se sentisse culpada e sentir como se alguém tivesse se afastado e preenchido o vazio, pegando o lugar dela. Dois, queremos que Lucifer sinta raiva e dor. Para dar dois passos a frente, queremos que volte, interprete tudo, se sinta sozinho e sinta que as leis estão erradas. Que as coisas não estão funcionando”, contou Henderson.

O arco tem ligação com o papel de Lucifer como Deus. A morte terá grande consequência para sexta temporada na Netflix.

“Se alguém como Dan vai para o inferno, quer dizer que o mundo está quebrado e isso dá um sentido de, ‘Ok, se eu sou Deus, como arrumo isso?’. Era importante para nós. Ser Deus e fazer as coisas funcionarem não é fácil. A vida não é fácil”, completou o chefe do seriado.

Lucifer na Netflix

Na Netflix, Tom Ellis ainda tem algumas histórias antes de se despedir como Lucifer. O ator volta na segunda parte da quinta temporada e apenas depois no sexto e último ano da série.

Na quinta temporada, Lucifer apresenta um novo desafio. Como mostrado em prévias da Netflix, Michael (ou Miguel), arcanjo irmão gêmeo do protagonista, chega para tentar assumir o lugar dele.

Isso para os fãs significa ter Tom Ellis em dobro. O protagonista também fica com o papel do vilão Michael.

A série usou o figurino dos personagens e o sotaque para diferenciá-los, o que acaba sendo divertido para os fãs.

“Entediado com a vida nas trevas, o diabo se muda para Los Angeles, abre um piano-bar e empresta sua sabedoria a uma investigadora de assassinatos”, diz a sinopse da Netflix.

Lucifer está disponível na Netflix com cinco temporadas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio