Série baseada em fatos reais vai aterrorizar fãs da Netflix

Filhos de Sam conta a história de um dos serial killers mais famosos dos Estados Unidos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Séries sobre crimes reais fazem o maior sucesso na Netflix. A tendência foi comprovada por produções como Mindhunter, baseada em histórias reais, e as diversas séries documentais sobre assassinatos, sequestros e ação de serial killers.

Fãs do gênero podem comemorar: a plataforma acaba de divulgar mais uma série documental sobre um crime bastante famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Filhos de Sam acompanha a história do serial killer David Berkowitz, um dos mais famosos da história dos Estados Unidos, abordando suas motivações, atos terríveis e a ação da polícia.

Veja abaixo tudo que você precisa saber sobre Filhos de Sam na Netflix!

A história bizarra dos Filhos de Sam

Filhos de Sam analisa minuciosamente a trajetória do infame serial killer David Berkowitz, cujo apelido “Filho de Sam” veio de uma mensagem deixada para trás na cena de um dos crimes.

Berkowitz matou 6 pessoas e feriu diversas outras em uma série de ataques em Nova York entre 1976 e 1977.

Fãs de Mindhunter vão reconhecer a história do assassino: seus crimes foram abordados na segunda temporada da série.

Os assassinatos ganharam atenção nacional devido às cartas orgulhosas que o assassino enviava à polícia enquanto ainda estava à solta, provocando as forças policiais e aterrorizando todos os milhões de habitantes da metrópole.

O que se sucedeu foi a maior caçada a um criminoso da história de Nova York. Eventualmente, Berkowitz foi preso e condenado a servir seis prisões perpétuas consecutivas.

No entanto, Berkowitz afirma que não “trabalhou” sozinho, e que os crimes foram arquitetados por um culto satânico.

O jornalista Maury Terry ficou fascinado com essa alegação, e produziu a série Filhos de Sam para conduzir sua própria investigação sobre os crimes do serial killer e desvendar o estado mental do psicopata.

Evidências reais do caso e entrevistas com investigadores, jornalistas e outras pessoas próximas à investigação são usadas para descobrir se Terry estava certo em seguir os loucos dizeres de Berkowitz ou se o assassino em série apenas inventou mais uma notícia falsa.

Quando David Berkowitz admitiu pela primeira vez ter cometido os crimes, afirmou que estava seguindo ordens de Sam, o cachorro de seu vizinho, que na verdade era um demônio disfarçado.

Por causa disso, o assassino ficou conhecido como Filho de Sam, mesmo tendo admitido anos depois que a história toda não passou de uma mentira.

O apelido e a história bizarra ganharam a atenção da mídia após o assassinato do casal Alexander Esau e Valentina Suriani. Na cena do crime, o assassino deixou uma carta se identificando para a polícia.

“Estou muito chateado por vocês me chamarem de um ‘odiador de mulheres’. Não sou. Mas sou um monstro. Sou o Filho de Sam. Sam adora beber sangue. ‘Vá e mate’, ordena o Pai Sam’”, afirmou o serial killer em sua sinistra carta.

Atualmente com 67 anos, David Berkowitz continua a cumprir sua pena de prisão perpétua na Penitenciária de Shawangunk, no estado de Nova York.

Filhos de Sam já está disponível na Netflix!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio