Detalhe em Sweet Tooth não faz o menor sentido para fãs da Netflix

Alguns internautas apontaram um problema envolvendo o personagem principal

Publicado em 20/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sweet Tooth da Netflix conseguiu realizar o impossível quando sua primeira temporada contou em grande parte uma esperançosa história pós-apocalíptica.

Mas mesmo que a série tenha recebido críticas extremamente positivas (é certificada como “Fresh” com uma avaliação de 98% no Rotten Tomatoes), há certas partes da história que não faziam sentido para os fãs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Passada 10 anos após um evento conhecido como “Grande Desmoronamento”, Sweet Tooth segue um menino de 10 anos chamado Gus (Christian Convery) e seu amigo relutante, Jeppard (Nonso Anozie), um ex-caçador de recompensas/jogador de futebol, enquanto eles cruzam um cenário pós-apocalíptico nos Estados Unidos em busca da mãe do menino.

A jornada deles é complicada pelo fato de que Gus é uma das muitas crianças híbridas que nasceram na mesma época em que um vírus mortal devastou a população.

Dado o momento do vírus e os nascimentos dos bebês meio-humanos/meio-animais, muitas pessoas acreditam que as crianças são as culpadas, e elas são rotineiramente perseguidas por caçadores furtivos.

Como resultado, Gus foi criado na floresta sem ninguém além de seu pai adotivo Pubba (Will Forte) para cuidar dele. Isso levou a uma certa ingenuidade de sua parte, mas alguns fãs ainda acham que o menino é muito impulsivo e infantil para sua idade.

Gus é muito imaturo para a idade?

No Reddit (via Looper), um internauta foi um dos vários fãs que comentaram sobre o comportamento de Gus ao longo da primeira temporada.

“Certo, estou muito feliz que muitas pessoas estão dizendo que Gus é burro, eu estava preocupado com minha namorada e eu ficando sozinhos nisso, é inacreditável”, comentou ele.

“Ele é tão estúpido, mesmo para uma criança de 10 anos.”

No entanto, outros fãs foram rápidos em defender Gus. Afinal, ele passou a vida inteira vivendo isolado, tendo apenas seu Pubba para guiá-lo.

Além disso, ele sobreviveu sozinho por um ano inteiro antes de conhecer Jepp, o que exigiu um certo nível de habilidades de sobrevivência. Seus maiores problemas são se comunicar com os outros e confiar com muita facilidade, mas essas duas características podem ser afetadas por sua educação.

Da mesma forma, as crianças em geral amadurecem em taxas diferentes, então, embora Gus tenha 10 anos, isso não significa que ele necessariamente seria tão avançado quanto crianças de 10 anos que cresceram em ambientes sociais e receberam uma educação formal.

Uma usuária do Reddit acrescentou: “A resolução de problemas é ensinada na escola, assim como o pensamento crítico. A impulsividade e a comunicação são ensinadas por meio da socialização com os colegas na escola.”

“Algumas crianças de 10 anos não são tão maduras quanto outras crianças de 10 anos, mesmo quando têm escolaridade normal. Eu o achei irritante, mas crível.”

Portanto, embora possa ser frustrante ver Gus arriscar a segurança de todos para procurar seu cachorro de pelúcia em um trem protegido ou atravessar uma ponte frágil, essas coisas não significam automaticamente que ele seja imaturo.

É mais porque ele ainda está descobrindo o mundo e aprendendo quais riscos podem ser assumidos.

No final, a base de fãs parece estar um pouco dividida sobre o quão crível é a personalidade de Gus, mas como seu otimismo cego é uma parte tão importante da história, é difícil imaginá-lo de outra forma.

Mas dada a forma como a primeira temporada terminou, os fãs podem ter o desejo de ver um Gus mais maduro e rígido na segunda temporada de Sweet Tooth.

No Brasil, a primeira temporada de Sweet Tooth está agora disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio