Elite usa preocupante caso real para história na Netflix

Exploração sexual sofrida por Mencía acontece com frequência em plataformas digitais

Publicado em 22/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elite conquistou o público brasileiro, e a fama da série pode ser comprovado por seus incríveis níveis de audiência. Com a estreia da quarta temporada, a produção passou a figurar mais uma vez no Top 10 da plataforma.

A quarta temporada da série mudou completamente a trama da produção! Vários personagens queridos se despediram, uma nova turma chegou para conquistar mais uma vez os fãs da Netflix.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das novas personagens da quarta temporada de Elite é Mencía, a filha caçula do novo diretor de Las Encinas. A trama da jovem aborda de maneira bastante profunda um tema tabu e que causa grandes preocupações na vida real.

O site The Los Angeles Times falou tudo sobre o assunto; confira abaixo!

Mencía em Elite – Caso da vida real

Na quarta temporada de Elite, Mencía se envolve em um esquema de prostituição, com o incentivo de Armando, um grande amigo de seu pai.

Na verdade, é esse esquema que proporciona a criação de uma das tramas mais impressionantes dos episódios finais de Elite, que trazem Armando sendo assassinado por Guzmán, como vingança pelo que havia acontecido a Ari.

A quarta temporada de Elite traz para as telas um tema bastante incômodo da vida real: a exploração de menores de idade em esquemas de prostituição e divulgação de material pornográfico, principalmente em plataformas como OnlyFans e TikTok.

Os novos episódios estreiam exatamente enquanto sites entram no debate sobre as diferenças entre trabalhos de adultos na indústria do sexo e exploração de adolescentes.

“Sempre quisemos incluir isso no DNA da série. Temos temáticas bastante adultas, mas queríamos trabalhá-las com esses novos personagens”, afirmou Carlos Montero, o criador de Elite, em uma entrevista ao site The Times.

Segundo o produtor, a trama de Mencía foi particularmente importante, principalmente por abordar o papel da internet na exploração de crianças e adolescentes.

“A nossa intenção era abordar a entrada de menores de idade em plataformas como o OnlyFans, onde você pode acessar materiais pornográficos”, comentou o criador de Elite.

A polêmica trama de Mencía começa quando a personagem deixa de receber dinheiro do pai. A personagem aceita se relacionar com um “cliente acidental”, mas tudo acaba fugindo completamente do controle.

“Ela aceita rapidamente, e o nosso objetivo era mostrar como tudo isso acontece na atualidade, inclusive de maneira mais normalizada”, afirmou o produtor.

Problema crescente na internet

Carlos Montero está certo. Plataformas digitais como OnlyFans, TikTok e sites pornográficos como o PornHub já se envolveram em diversos escândalos de exploração sexual de menores.

Uma matéria publicada em março de 2021 pela BBC revelou que o algoritmo de controle do OnlyFans e seus níveis de comprovação de identidade falharam em prevenir o compartilhamento de vídeos de pedofilia.

A reportagem afirma que dezenas de meninas de 13 a 17 anos conseguiram criar perfis no site e vender vídeos pornográficos.

O TikTok é outra plataforma que se tornou um verdadeiro “campo de caça” para predadores, que conseguem se comunicar facilmente com usuários menores de idade.

Vale lembrar que a maior parte dos usuários do TikTok é bastante jovem, sujeita à “grooming”, termo usado para caracterizar o processo em que abusadores ganham a confiança de adolescentes e crianças com o objetivo de cometer atos terríveis no futuro.

“Continuamos preocupados com o fato de conteúdos inadequados do aplicativo continuarem disponíveis para usuários jovens, incluindo propagandas de sites pornográficos e de prostituição”, afirma o site do Centro Nacional contra a Exploração Sexual, uma importante organização americana.

Nos últimos meses, a Polícia Federal Brasileira realizou diversas operações de combate à pornografia infantil e exploração sexual de menores.

Se você deseja denunciar algum caso de pedofilia, abuso sexual de menores ou compartilhamento de material pornográfico envolvendo crianças e menores de idade, entre em contato com Disque 100.

A quarta temporada de Elite está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio