Lucifer: Criador da HQ dá opinião honesta sobre série da Netflix

Versão do Diabo que é retratada na série foi criada por Neil Gaiman

Publicado em 19/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lucifer, a série policial da Netflix com um toque sobrenatural, é apenas uma das muitas propriedades originalmente concebidas por Neil Gaiman. Bem, indiscutivelmente Lucifer Morningstar já era um personagem de domínio público quando Gaiman colocou as mãos nele.

Mas o Lucifer atrevido e cheio de problemas com o pai que os fãs conhecem e amam veio dos quadrinhos de Sandman de Gaiman. Na edição #4 do Vol. 2 do título inovador da Vertigo/DC, Sonho desce ao Inferno para recuperar seu capacete mágico.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enquanto estava lá, ele conversou com Lucifer, que se cansou de reinar sobre os condenados. No Vol. 4, Lucifer abandona o Inferno para se aventurar na Terra, trazendo sua fiel tenente Mazikeen. Ele acabou administrando um bar chamado Lux em Los Angeles.

Além de alguns detalhes – como Lucifer sendo mais complicado do que o mal em si, Lux e Mazikeen -, o Lucifer da série da Netflix é muito diferente daquele retratado nos quadrinhos.

O ator Tom Ellis parece completamente diferente de sua inspiração nos quadrinhos (David Bowie), e é altamente improvável que o Lucifer dos quadrinhos se dignasse a gastar seu tempo resolvendo assassinatos para o LAPD.

Considerando o quão precioso Gaiman tem sido com suas criações, você pode pensar que ele não gostou de todas as mudanças feitas em seu personagem.

Afinal, Sandman passou décadas em desenvolvimento, em parte porque Gaiman queria ter certeza de que eles estavam fazendo a coisa certa. Então, como ele realmente se sente sobre Lucifer?

A opinião de Neil Gaiman sobre Lucifer

Em conversa com a DIY Mag (via Looper), Tom Ellis foi informado de que Gaiman comparou seu trabalho como o demônio que se tornou solucionador de crimes a um “sexy, louco e mau Doctor Who”.

Elogios de um homem que realmente escreveu episódios da ficção científica britânica de longa duração. A comparação com Doctor Who faz sentido, já que o Doutor é outro ser aparentemente imortal que resolve problemas bem abaixo de sua faixa salarial apenas porque está entediado.

Na mesma entrevista, Ellis disse que Gaiman o contatou pessoalmente após assistir ao seriado e também concordou com a comparação de Doctor Who.

“Quando as pessoas falam sobre tom e todo esse tipo de coisa, muitas vezes digo às pessoas: ‘Pensem no tom de Doctor Who.’ É divertido, é louco’”, disse ele.

“Você é levado a esse tipo de experiência maluca e ele é o seu guia. Posso ver de onde as comparações são tiradas com certeza.”

No Brasil, Lucifer está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio