Publicidade

Explosivo

Record of Ragnarok: Explicamos o final do anime da Netflix

Luta épica marca o fim da primeira temporada do anime

Publicado por Guilherme Coral

19/06/2021 12:54

Record of Ragnarok é o novo anime da Netflix, complementando o já vasto catálogo de animações nesse estilo da plataforma de streaming.

Sua premissa é bastante simples. Nele, a humanidade já vive há 7 milhões de anos e cresceu exponencialmente. A cada 1000 anos, os deuses de vários panteões se juntam em um conselho de Valhalla para decidir se os humanos continuarão vivendo.

Quando a série começa, os deuses decidiram que a humanidade não mais merece viver na Terra em razão dos crimes que cometeu contra o planeta. Nesse momento, a valquíria Brunhild intervém e convence os deuses a darem outra chance para os humanos.

Com isso, começa um torneio épico de luta, entre 13 deuses e 13 dos lutadores mais fortes da humanidade.

Isso faz parecer que Record of Ragnarok é apenas um anime de luta, algo ao estilo de Mortal Kombat, mas cada episódio foca nas motivações dos seus personagens. A série visa mostrar como a humanidade pode vencer os deuses ao se apoiarem naquilo que os torna humanos.

Cada luta parece que vai ser algo extremamente injusto. Brunhild escolhe 13 dos melhores lutadores da história da humanidade, mas eles ainda estão lutando contra deuses superpoderosos.

Difícil vitória

Kojiro Sasaki é o humano escolhido para a terceira luta, contra Poseidon. Kojiro era um lendário espadachim japonês dos séculos XVI e XVII e é mais conhecido por ter perdido uma luta épica contra seu rival, Miyamoto Musashi. Quando ele é introduzido no episódio 10, ele é descrito como o maior perdedor da História.

Até sua luta contra Poseidon, Record of Ragnarok mostra como Kojiro se tornou um dos maiores espadachins da História. Ele nasceu talentoso, mas se tornou um mestre com seu treinamento e Kojiro diz ser grato à todas as suas lutas, porque elas foram oportunidades para melhorar.

Não foi o talento nato de Kojiro que permitiu ele derrotar Poseidon e sim sua habilidade de melhorar suas próprias técnicas. Ao perder lutas, ele foi se tornando cada vez melhor, tornando-se um espadachim mais habilidoso mesmo não obtendo vitória.

O personagem de Record of Ragnarok desenvolveu a habilidade conhecida como defesa de mil imagens. Basicamente sua mente é um supercomputador capaz de calcular os possíveis movimentos do oponente imediatamente.

No início da luta contra Poseidon, isso não foi o suficiente para vencer seu oponente. Mas, como fez anteriormente diversas vezes, Kojiro persevera e melhora sua habilidade até conseguir vencer.

Poseidon nasceu poderoso e nunca precisou se esforçar muito, ele não aprendeu a lidar contra a adversidade e, por isso, não soube responder à técnica de Kojiro. Com isso, o humano acaba ganhando.

Record of Ragnarok está disponível na Netflix.

Publicidade