Série da Netflix tem zumbis mais assustadores que os de The Walking Dead

Série da AMC pode aprender algumas lições

Publicado em 19/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alerta de spoilers!

The Walking Dead pode ser a série de zumbis mais famosa do mundo, mas ela pode aprender algumas lições com Black Summer, da Netflix.

Já prestes a estrear sua 11ª temporada, The Walking Dead já minimizou bastante o risco individual que um zumbi representa, tendo em vista que até crianças já conseguem matar um “walker” sem problemas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De fato, os humanos são quem representam os maiores riscos na série, o que foi herdado dos quadrinhos de Robert Kirkman. Terror não é mais o gênero que domina tais história, assim como é o caso em obras como Army of the Dead: Invasão em Las Vegas, que é mais comédia e ação do que horror, de fato.

Black Summer retoma o terror de obras como A Noite dos Mortos-Vivos, com uma narrativa caótica e tensa, que deixa os espectadores com o coração acelerado.

A série da Netflix faz isso por meio da sua direção, ação incessante e design de som aterrorizante. Isso é somado ao fato da história se passar no início do apocalipse zumbi, que já aumenta a tensão, visto que os personagens não estão habituados com esse cenário.

Nessa história, ninguém está a salvo, o que é aterrorizante, já que não há cenas me que o espectador possa abaixar sua guarda.

O problema de Black Summer

Evidente que há um grande problema na forma como Black Summer prioriza o terror ao invés do drama. O seriado não encoraja os espectadores a criarem vínculos com seus personagens preferidos, visto que qualquer um pode partir a cada momento.

Essa aleatoriedade de mortes é um dos pontos altos da série da Netflix, mas tem suas consequências, distanciando a obra bastante de The Walking Dead, especialmente no que diz respeito à construção de personagens.

Além disso, vale apontar que, ao focar no terror, é bem possível que o seriado da Netflix não consiga se manter interessante por tanto tempo. Podemos estar diante de uma obra cujo final chegará bem mais cedo. Afinal, não há como manter o medo no espectador sempre.

Dito isso, The Walking Dead pode aprender com a série e retomar um pouco desse terror, trazendo mais tensão ao espectador, que já toma como certa a sobrevivência de personagens como Carol e Daryl.

Por outro lado, a série beira sua última temporada e não há como saber quem irá sobreviver, à exceção dos dois citados acima, que ganharão uma série própria.

Black Summer e The Walking Dead podem ser assistidos na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio