The Seven Deadly Sins: Personagem engana fãs na Netflix

Duas entidades do anime formam o poderoso Demônio Original

Publicado em 1/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na trama do anime The Seven Deadly Sins, um dos personagens mais poderosos é conhecido apenas como o Demônio Original. No entanto, uma análise do site Distractify afirma que a figura engana os fãs, e que na verdade, ele não é o primeiro demônio a existir no universo místico da produção, sendo dividido em duas partes diferentes.

Quem já conferiu as séries temporadas de The Seven Deadly Sins sabe que Meliodas e seu irmão Zeldris tiveram poderosos demônios como tutores, especificamente Chandler e Cusack.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na verdade, esses dois demônios representam as duas metades que, juntas, completam a entidade conhecida como Demônio Original.

A criatura das trevas em questão, no entanto, não é exatamente original, como indica seu nome.

A criação do Demônio Original em The Seven Deadly Sins

Quando foi originalmente criado pelo Rei Demônio, o Demônio Original era uma criatura individual.

No entanto, a criação passou a ressentir seu criador, tentando se rebelar e tomar o trono para si mesmo.

A tentativa falhou, e como punição, o Rei Demônio dividiu o corpo e a alma do Demônio Original em duas partes.

Essas duas metades continuavam leais ao Rei, e conseguiram manter suas memórias. Chandler se tornou o mentor de Meliodas, e Cusack ensinou Zeldris.

A intenção dos dois era tornar um dos alunos no próximo Rei Demônio. Quando o Demônio Original se une novamente, no entanto, um grande conflito nasce.

O anime não explica exatamente por que o Rei Demônio criou o Demônio Original, mas estabelece que a criação aconteceu com o poder genuíno do Rei.

Isso significa que, em termos de força e poder, o Demônio Original fica atrás apenas do Rei Demônio.

Segundo informações do site The Seven Deadly Sins Fandom, o Original era o retentor mais leal ao Rei Demônio, e que por isso, pôde governar o Mundo Inferior.

Devido à extrema força do Demônio Original, Chandler e Cusack também são muito poderosos, conseguindo posições altas no Clã dos Demônios.

Quando as duas partes se fundem, as memórias separadas continuam presentes, causando alguns problemas com personalidade singular do Original. Chandler continua devotado a Meliodas, enquanto Cusack ainda deseja lutar com Zeldris para se tornar o próximo Rei.

Zeldris acreditava ser mais digno do posto de Rei Demônio, já que Meliodas havia traído o Clã dos Demônios para ficar com a deusa Elizabeth.

O personagem eventualmente concorda em ajudar Meliodas a se tornar o Rei, contanto que o protagonista o auxilie a libertar o amor de sua vida, uma vampira chamada Gelda.

Por muito tempo, Zeldris acreditou que todos os vampiros estavam mortos, mas Meliodas o informa que Gelda ainda está viva – e que pode ser libertada por sua presença no trono.

The Seven Deadly Sins está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio