Publicidade

Deu resultado?

The Walking Dead tem uma das cenas mais caras da história

Série chegou a gastar mais de 3 milhões de dólares por episódio

Publicado por Alexandre Guglielmelli

25/06/2021 20:30

The Walking Dead já acabou nas HQs, mas tudo indica que a série ainda continuará na ativa na TV por muito tempo. Renovada para a última temporada e com filmes e derivados em produção, o mundo dos zumbis não deve deixar a TV tão cedo.

A série terminou recentemente sua décima temporada, e tem deixado os espectadores em polvorosa com incríveis desenvolvimentos da trama.

Atualmente, a série é exibida no Brasil pelo canal Star – a antiga Fox – e tem temporadas disponíveis na Netflix.

Muitos fãs não sabem, mas a série conta com uma das séries mais caras da história da TV americana. O site Looper falou tudo sobre o assunto; confira abaixo!

A cena mais cara de The Walking Dead

A maioria dos fãs de The Walking Dead gosta de ver os protagonistas arrasando, principalmente quando estão lidando com zumbis.

A caracterização de cenas desse tipo, normalmente são modestas, principalmente se comparadas a momentos icônicos de outras grandes séries de TV.

The Walking Dead gasta cerca de 2,75 milhões de dólares por episódio, uma diminuição do orçamento mais caro da primeira temporada, com 3 milhões por episódio.

Mas afinal de contas, qual foi a cena que ocupou o maior espaço nesse orçamento?

O nono episódio da sétima temporada da série aumentou ainda mais esses custos, contando com dois montes de lixo, uma linha de arame farpado, e muitos, muitos zumbis.

Primeiramente, precisamos analisar os custos dos figurantes, que cobram por dia e podem receber pagamentos ainda maiores por horas-extras.

Além disso, existe também o custo de pós-produção: o processamento de todas as cenas com computação gráfica não é nada barato. Até mesmo os sons dos mortos-vivos foram adicionados posteriormente por especialistas em áudio.

Como é de praxe, a cena foi apenas uma amplificação do orçamento que já contava com inúmeros detalhes de tirar o fôlego.

O site Yahoo! News informou que a AMC pagou a famílias de Senoia, Georgia – onde a maior parte da série foi filmada – 400 dólares por mês.

O pagamento foi realizado para compensar o estresse da produção e desencorajar os moradores da cidade de compartilhar spoilers.

Em 2019, o Censo dos Estados Unidos reportou que a população da cidade era de 4.256, o que significa que cerca de 1.351 famílias moravam no local.

O número sugere que a AMC gastou por mês com as famílias de Senoia cerca de 540 mil dólares!

O resultado pode ser conferido na sétima temporada de The Walking Dead.

A 11ª temporada de The Walking Dead estreia em 22 de agosto de 2021.

Publicidade