Antes de Sex/Life, atriz viveu lésbica em outra série picante

Carreira de Sara Shahi começou muito antes da série da Netflix

Publicado em 25/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sarah Shahi protagoniza Sex/Life na Netflix, mas sua carreira na televisão começou muito antes disso. A atriz estrelou a série The L Word em 2005, na qual interpretou uma personagem lésbica.

No seriado, ela viveu Carmen de la Pica Morales. Ela foi introduzida como assistente de produção com quem Shane McCutcheon (Katherine Moennig) tem um relacionamento.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carmen foi a primeira mulher de The L Word que conseguiu tirar um “eu te amo” de Shane. O romance delas ao longo da 2ª e 3ª temporada mudou profundamente ambas. Shane enfrentou seus problemas de comprometimento e Carmen se tornou DJ em tempo integral graças ao apoio da namorada.

Eventualmente, Carmen sai do armário para a família, apesar do preconceito deles. O relacionamento, no entanto, acabou quando Shane teve um ataque de pânico no casamento das duas e deixou Carmen no altar.

Com isso, a atriz de Sex/Life deixou a série, ao passo que a história da sua personagem acabou. Felizmente, o seriado serviu como grande plataforma para a carreira de Sara Shahi.

Segunda temporada de Sex/Life pode ser “complicada” na Netflix

Se Sex/Life ganhar uma segunda temporada na Netflix, Stacy Rukeyser promete uma trama “complicada”. A escritora pensa que Billie, Cooper e a melhor amiga Sasha devem ganhar mais histórias que envolvam revelações do passado.

Em primeiro lugar, claro, Sex/Life vai responder o que acontece após o fim da primeira temporada.

“Todo mundo quer saber o que acontece após aquele final e vamos mostrar. Há muito o que explorar e não apenas sobre Billie e as escolhas dela. A primeira temporada foi sobre Billie e o passado dela. Será interessante ver os passados de Cooper e Sasha, ver como eles se tornaram as pessoas que são”, comenta a produtora da Netflix.

Mesmo assim, o foco continua sendo Billie. Brad também deve continuar em cena.

“Mas, no fim das contas, é a história de uma mulher que passa por uma crise de meia-idade e onde isso levará ela, na melhor ou pior decisão de todas? Certamente será uma história muito complicada”, finaliza a chefe de Sex/Life.

Sex/Life pode ser conferida na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio