Após cancelamento e recusa, Manifest é disputada por Netflix e emissora

Após plataforma não querer ficar com seriado, campanha e audiência faz empresa rever decisão

Publicado em 21/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vida real segue a ficção e traz uma reviravolta para Manifest: O Mistério do Voo 828. Após a Netflix recusar uma continuação para o seriado, a plataforma de streaming passa a rever a decisão e disputa a sequência do seriado com a NBC, que tinha cancelado a produção na terceira temporada.

O Deadline informa que a emissora dos EUA e a plataforma repensaram sobre o seriado após a campanha de fãs para salvar Manifest e os números de audiência. A produção tem as duas primeiras temporadas na Netflix dos Estados Unidos e elas estão no Top 10 do serviço desde que ficaram disponíveis em junho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com essa situação, Netflix e NBC conversam com a Warner Bros TV, produtora de Manifest. O site garante que o principal motivo para essa reviravolta é a força da audiência do seriado.

Além disso, foi revelado que antes a Netflix recusou por conta de uma complicação: os direitos de distribuição global. Manifest é exibida por diferentes emissoras e serviços ao redor do mundo (no Brasil está no Globoplay) e a plataforma também gostaria de ter a produção em todos mercados.

Netflix e NBC ainda não comentam as novas informações sobre Manifest: O Mistério do Voo 828.

Manifest quase continuaria de outra forma

Após ser cancelada na terceira temporada e ser inicialmente recusada, Manifest poderia ganhar outro tipo de continuação. O plano foi revelado pelo criador Jeff Rake, que sempre imaginou uma história de seis temporadas.

Na época, sem uma emissora que poderia continuar a série, Rake mencionou a possibilidade de um filme ou até de um livro. No Twitter, o criador do seriado prometeu que dará um jeito de entregar o desfecho da história aos fãs.

“Eu vou ter esperanças de que alguém vai aparecer e vai nos ajudar a terminar a história – seja mais episódios, um filme, como fizeram com Firefly, ou até um livro, que muitos me pediram e você sabe, é um conceito legal, mas vou pensar sobre isso”, contou o criador.

Rake destacou que quer “honrar” a história de Manifest. Para o escritor, seria “uma decepção porque as pessoas não querem apenas saber sobre o final, elas querem também a experiência”.

“Vou descobrir como terminar e honrar a história que contamos até agora com amor, precisão, cuidado, dinheiro, lágrimas e suor como fizemos nas três temporadas. Não vou resumir o final em um artigo ou série de tuítes. Isso não vai acontecer”, completou Rake.

O criador de Manifest também citou a possibilidade de “um financiamento” para um filme para TV, com uma versão “resumida” do que seria o fim do seriado. Agora, parece que isso pode mudar novamente.

No Brasil, Manifest: O Mistério do Voo 828 segue em exibição no Globoplay.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio