Após indicações ao Emmy, criador defende que Bridgerton “não é inútil”

Produtor da Netflix comentou como romances geralmente são tratados com muitas críticas na TV

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bridgerton teve 12 indicações ao Emmy 2021. Após a conquista, o criador da série da Netflix, Chris Van Dusen, defendeu séries como o drama da plataforma e disse que a adaptação do romance na TV “não é inútil”.

O seriado é inspirado nos livros de Julia Quinn, com produção de Shonda Rhimes. Romances como esse geralmente são classificados como “inúteis” e “pornô para mamães”. O criador rebateu essas análises.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Há um pensamento errado de que uma adaptação como essa é inútil, descartável e que não pode ser bem escrita. Não é o que encontrei. Isso não é verdadeiro para os livros de Bridgerton. Então, espero que isso (as indicações) seja uma resposta”, declarou Van Dusen.

Sobre as indicações, o produtor da Netflix comentou que “elas são enormes e que todos estão além de empolgados”.

Bridgerton continua na Netflix

A produção acompanha a história da Família Bridgerton, um clã de aristocratas vivendo em Londres durante o período da Regência, no início do século XIX.

Mesmo durando poucas décadas, a Regência é conhecida como uma época de grandes avanços e tendências diferenciadas nas belas-artes, arquitetura, moda e etiqueta.

A primeira temporada de Bridgerton foca principalmente na primogênita dos Bridgerton: Daphne. A jovem procurar pelo amor verdadeiro e um casamento à altura após ser apresentada à sociedade em 1813 pela Rainha Charlotte.

Enquanto lida com as expectativas da elite, Daphne é obrigada a lidar com os escandalosos boatos divulgados pela Lady Whistledown, a misteriosa autora de um “boletim de fofocas” publicado semanalmente.

Embora não seja a showrunner da produção da Netflix, Shonda Rhimes mantém grande influência como produtora executiva. O comando da série fica com Chris Van Dusen.

O elenco de Bridgerton é formado principalmente por atores britânicos, muitos deles desconhecidos do público internacional.

A série conta com Phoebe Dynevor (Younger), Regé-Jean Page (For the People), Jonathan Bailey (Doctor Who), Nicola Coughlan (Derry Girls), Claudia Jessie (Call The Midwife), Adjoa Andoh (Invictus), Lorraine Ashborn (King Kong), Sabrina Bartlett (Game of Thrones), Harriet Cains (In The Flesh), Bessie Carter (Os Miseráveis) e Ruth Gemmell (Penny Dreadful) em seu elenco.

Bridgerton está disponível na Netflix. A segunda temporada ainda não tem previsão de estreia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio