Aquele Que Permanece e o destino de Loki: Explicamos final da série da Marvel

Seriado do Disney+ gera gigantescas repercussões no restante do MCU

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alerta de spoilers

Loki terminou sua primeira temporada gerando consequências cataclísmicas para todo o Universo Cinematográfico Marvel (MCU). O seriado introduziu (em termos) o próximo grande vilão da Fase 4, e talvez das fases subsequentes, desses filmes.

Dito isso, algumas dúvidas podem ter sido deixadas ao término do episódio 6, que foi um capítulo bastante expositivo, contando com a participação de Jonathan Majors como Aquele Que Permanece.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem acompanha as notícias sobre o MCU já sabe que Majors interpreta Kang, o Conquistador, que será introduzido apropriadamente em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania. O que vemos em Loki é uma variante mais “boazinha”.

Quando Sylvie mata essa variante, ela permite que incontáveis linhas do tempo sejam criadas, todas levando ao surgimento de um Kang diferente. Segundo Aquele que Permanece, isso invariavelmente levará a uma guerra no multiverso, algo que ele tentava impedir até então.

Infelizmente, Loki não conseguiu impedir Sylvie de matar Aquele que Permanece e foi jogado por ela de volta na TVA (ou AVT). O final do episódio, no entanto, revela que ele não está na TVA que conhecemos e sim em uma diferente.

Por que Mobius não reconhece Loki?

Nessa versão da TVA não só Kang aparece abertamente, sem se esconder por trás dos Guardiões do Tempo, como ele não quer que as linhas do tempo alternativa sejam destruídas. Mas como pode existir mais de uma TVA?

Essencialmente, a existência de uma única TVA estava ligada à existência de uma única linha do tempo. A partir do momento que outros universos passam a existir, mais TVAs surgem, todas refletindo as intenções do seu criador.

Aquele que Permanece queria evitar a guerra, então ele permitia apenas uma linha do tempo. Já Kang quer conquistar, então é de se esperar que ele permita que outros universos sejam criados justamente para ele ter mais territórios para dominar.

Como nessa linha do tempo os variantes não são extinguidos, então não há por que Mobius ter conhecido Loki ou uma de suas variantes, o que explica a confusão no fim do episódio.

Sylvie envia Loki de propósito para outra TVA? Provavelmente não. Os dispositivos eram ligados diretamente a esse local. Quando mais de uma TVA passou a existir, Loki deve ter sido enviado randomicamente para uma delas.

Toda essa bagunça certamente será explorada em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (Doutor Estranho 2) e outras obras da Marvel. Por sinal, a série What If… ?, também do Disney+, pode estar ligada a Loki justamente por lidar com realidades alternativas.

Em todo caso, o universo Marvel não é mais o mesmo e com tantas diversas realidades, poderemos ver filmes e séries bem diferentes daqui para a frente.

Loki retornará para uma segunda temporada, ainda sem data de estreia. O personagem também foi confirmado em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

Clique aqui para assinar o Disney+ e assistir Loki, além de outras séries e filmes da Marvel.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio