Explicado como No Escuro Absoluto se conecta com franquia Resident Evil

Série baseada nos famosos games da Capcom já está na Netflix

Publicado em 9/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Resident Evil: No Escuro Absoluto traz a famosa franquia de games da Capcom à Netflix, mas fica a questão: como o filme se conecta com o restante da saga? Veremos isso agora.

Como previamente anunciado pela Netflix, a animação é canônica. Mas isso não deve afastar novatos na franquia, visto que conta uma história bem autocontida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em todo caso, Resident Evil: No Escuro Absoluto se passa entre os eventos de Resident Evil 4 e 5, um pouco mais próximo do quinto jogo, protagonizado por Chris Redfield e Sheva Alomar. O jogo se passa em meados de 2006 e No Escuro Absoluto um pouco antes disso, no mesmo ano.

Vale apontar que a série da Netflix também está posicionado temporalmente antes de dois filmes em computação gráfica da franquia: Damnation e Vendetta, passando-se após Resident Evil: Degeneration.

Resident Evil na Netflix

A trama de Resident Evil: No Escuro Absoluto começa em 2006, quando um misterioso hacker tenta atacar a Casa Branca.

O agente Leon S. Kennedy é escolhido para investigar o incidente. Para sua surpresa e choque, o protagonista encontra um grupo de zumbis, ao mesmo tempo em que a Casa Branca é atingida por um misterioso ataque.

Em sua busca pela verdade, o protagonista encontra Claire Redfield, que analisava um estranho desenho feito por uma das crianças refugiadas em uma unidade de bem estar social, administrada pela TerraSave.

A dupla, então, embarca em uma perigosa e eletrizante jornada, na qual os mortos vivos são apenas a ponta de um grande iceberg de ameaças.

Resident Evil: No Escuro Absoluto já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio