Fãs apontam problema em relação de Lucifer e Deus na 5ª temporada

Série da Netflix trouxe Todo Poderoso, mas espectadores tiveram um incômodo em relacionamento do protagonista

Publicado em 22/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fãs de Lucifer encontraram um problema na relação do protagonista e Deus na série da Netflix. No Reddit, espectadores apontam que o seriado resolveu rápido demais o desentendimento entre os dois personagens e não respondeu muitas perguntas dessa relação.

“Eu fui o único que fiquei decepcionado em como lidaram com a relação de Deus e Lucifer na quinta temporada?”, começou questionando um fã.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os espectadores de Lucifer citam que a cena do jantar em família, com Deus e Lucifer, foi o mais próximo de uma conversa ideal entre os dois. Depois disso, fãs apontam que os dois não tiveram muito espaço para resolver uma discussão de milhões de anos.

“A conversa no 11º episódio, quando Deus começa a falar sobre o rosto de diabo de Lucifer, é cortada repentinamente. Levando em conta todo desentendimento, a tensão deveria ter continuado”, apontou mais um.

“Os problemas deles foram enterrados por milhões de anos e Lucifer e Deus fazer com que tudo fosse resolvido após um ou dois episódios não faz o menor sentido”, completou um terceiro.

Por fim, os fãs mostraram que perguntas como o motivo de Lucifer ser colocado no inferno, a benção dos pais de Chloe e se Miguel realmente manipulou Lucifer não foram respondidas. Aparentemente, Deus pode não voltar, o que criaria um problema nesses mistérios na Netflix.

Lucifer chega com temporada final na Netflix

Na Netflix, Tom Ellis ainda tem algumas histórias antes de se despedir como Lucifer. O ator volta na segunda parte da quinta temporada e apenas depois no sexto e último ano da série.

Na quinta temporada, Lucifer apresenta um novo desafio. Como mostrado em prévias da Netflix, Michael (ou Miguel), arcanjo irmão gêmeo do protagonista, chega para tentar assumir o lugar dele.

Isso para os fãs significa ter Tom Ellis em dobro. O protagonista também fica com o papel do vilão Michael.

A série usou o figurino dos personagens e o sotaque para diferenciá-los, o que acaba sendo divertido para os fãs.

“Entediado com a vida nas trevas, o diabo se muda para Los Angeles, abre um piano-bar e empresta sua sabedoria a uma investigadora de assassinatos”, diz a sinopse da Netflix.

Lucifer está disponível na Netflix com cinco temporadas. O ano final ainda não tem previsão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio