Mestres do Universo muda história do desenho de He-Man

Uma referência da série só os fãs de verdade vão entender

Publicado em 26/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alerta de spoilers

O primeiro episódio de Mestres do Universo: Salvando Eternia, da Netflix, traz de volta um aspecto clássico da espada do He-Man: ela é formada de duas outras espadas, com isso ele faz grandes alterações em relação ao desenho clássico.

A série da Netflix começa com o Esqueleto invadindo o castelo de Grayskull. O vilão tenta roubar o Orbe do Poder, fonte da magia em Eternia. Infelizmente, ele acaba colocando o Universo em risco ao quebrar o orbe e cabe a He-Man absorver a magia por meio da Espada do Poder.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com isso, a espada acaba separando-se em duas e a identidade secreta de He-Man é revelada e todos veem que ele é o príncipe Adam.

De voltas às origens

Isso vem direto da primeira história de He-Man, antes da série animada, quando foram criados os brinquedos de Mestres do Universo (que acabou gerando quadrinhos e livros infantis).

Nessas histórias, He-Man e o Esqueleto usavam duas espadas que, combinadas, formavam a Espada do Poder. Ela funcionava como chave para a ponte do Castelo de Grayskull. Esse conceito nunca foi utilizado na série original.

Ao mostrar que a espada é formada por duas outras, Mestres do Universo: Salvando Eternia retorna às origens da franquia, mostrando que os roteiristas realmente conhecem o material base.

Mestres do Universo: Salvando Eternia está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio