Netflix tem mais uma série de época para fãs de Bridgerton

A produção espanhola A Cozinheira de Castamar traz romance no século XVIII

Publicado em 31/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se você gosta de Bridgerton, tem tudo para curtir também A Cozinheira de Castamar, nova produção de época que acaba de estrear na plataforma. A série espanhola mal foi lançada, e já figura no Top 10 brasileiro do serviço de streaming, com uma história marcada por atuações sólidas e figurinos impressionantes.

A Cozinheira de Castamar é ambientada no início do século XVIII, e conta com talentos renomados como Michelle Jenner, Roberto Enríquez e Hugo Silva em seu elenco.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série de época foi bastante elogiada pela crítica especializada pelas ótimas performances do elenco; enredo inovador, divertido e convincente; e principalmente, pelo belíssimo e detalhado design de produção.

Veja abaixo tudo que você precisa saber sobre A Cozinheira de Castamar na Netflix.

A trama de A Cozinheira de Castamar

A Cozinheira de Castamar acompanha a história de Clara Belmonte, uma cozinheira com agorafobia (um transtorno de ansiedade que envolve o medo de multidões e situações sociais), que encontra um emprego digno e exigente na mansão do viúvo Duque de Castamar.

A série de ficção é ambientada na Madri de 1720, durante o reinado de Felipe V. Após sofrer com a traumática perda do pai, Clara encontra refúgio na cozinha, estabelecendo-se como uma ótima chef.

A protagonista passa a trabalhar na residência do Duque de Castamar após a trágica morte da Duquesa, e cria uma relação interessante com o viúvo.

Filmada em Madri, Segóvia e Cuenca, o drama histórico se destaca por trazer uma representação autêntica da cultura, comida e estilo de vida do século XVIII – tudo isso com muito romance e paixão.

Embora seja ambientada no passado, A Cozinheira de Castamar não é baseada em uma história real.

Na verdade, a série é a adaptação televisiva do livro homônimo escrito por Fernando J. Muñez.

Mesmo em uma era em que a maioria absoluta das mulheres só tinha o casamento como opção, Clara Belmonte é caracterizada como uma jovem educada e culta.

Após a morte do pai e a ruína de sua família, Clara encontra um emprego na cozinha do Duque de Castamar. O resto da história mostra como a protagonista – devagar e sempre – conquista um lugar especial no coração do viúvo.

A série foi bastante elogiada por sua fidelidade histórica, especialmente nos figurinos e cenários, que contam com planos de fundo autênticos da arquitetura espanhola do século XVIII.

Além disso, A Cozinheira de Castamar acerta no papel histórico e social da comida, sempre vista como parte essencial da cultura de cada país.

A cozinha desempenha um papel essencial na produção da Netflix, já que o preparo das comidas é o método inicial de expressão utilizado por Clara para conversar com o Duque.

Com suas habilidades culinárias, a protagonista consegue garantir uma posição de destaque entre os empregados, usando receitas inovadoras para mostrar seu lado mais culto.

Ou seja, os pratos que aparecem na série, além de deixarem os espectadores com água na boca, representam receitas reais, autênticas e que parecem ter saído diretamente das páginas da história espanhola.

A Cozinheira de Castamar está disponível na Netflix; confira abaixo o trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio