Após Elize Matsunaga, Netflix chega com série sobre João de Deus

Crime e Cura acompanha trajetória do médium que abusou de mais de 300 mulheres

Publicado em 25/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime, foi um dos maiores sucessos brasileiros da Netflix em 2021. Com a popularidade da série, a plataforma tem tudo para lançar mais produções sobre crimes brasileiros. Nesta semana, o streaming conta com a estreia de João de Deus: Cura e Crime, sobre os terríveis abusos do líder religioso que chocou o Brasil e o mundo.

Essa será a segunda série documental sobre os crimes de João de Deus, revelados no final de 2018. O Globoplay lançou em 2020 a produção Em Nome de Deus, que também fez grande sucesso na plataforma e chegou a ter episódios exibidos na TV aberta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já era para a série ter estreado há um bom tempo, mas o lançamento da produção da Rede Globo fez o foco da história mudar completamente. Camila Appel, a idealizadora do projeto, teve que praticamente “começar do zero” para apresentar uma perspectiva original.

Veja abaixo tudo que você precisa saber sobre a estreia da série João de Deus: Cura e Crime na Netflix.

João de Deus na Netflix – História chocante

João Teixeira de Faria, mais conhecido como João de Deus, era conhecido como um suposto médium curandeiro, empresário e escritor. O líder religioso era basicamente o “Rei” da pequena cidade de Abadiânia, no estado de Goiás.

Antes de ser condenado a 40 anos de prisão por crimes sexuais, o dito médium era um verdadeiro fenômeno internacional, chegando a participar do programa de Oprah Winfrey nos anos 2000.

O suposto médico espiritual recebia consultas de estrelas de Hollywood (como Shirley MacLaine), políticos (como o presidente americano Bill Clinton e o venezuelano Hugo Chávez), além de famosos brasileiros como Chico Anysio e Xuxa.

No final de 2018, João de Deus foi denunciado pelo abuso sexual de mais de 300 mulheres que buscavam por sua ajuda espiritual. Em dezembro do mesmo ano, o líder espiritual se entregou à polícia e foi preso.

Segundo o Ministério Público, o número total de vítimas de João de Deus pode ultrapassar 330. Além de ser condenado pelos crimes sexuais, o médium foi indiciado também por falsidade ideológica, corrupção de testemunhas e posse ilegal de armas e munição.

Em dezembro de 2019, João de Deus foi condenado a 19 anos de prisão. Atualmente, o suposto médium cumpre a pena em prisão domiciliar, devido à pandemia de Covid-19.

Em João de Deus: Cura e Crime, a Netflix promete contar a história da seita de Abadiânia no estilo de Wild Wild Country.

A elogiada produção documental acompanhou a história do guru espiritual Bhagwan Shree Rajneesh – mais conhecido como Osho -, que criou uma comunidade alternativa e teocrática no estado americano do Oregon.

Ou seja, a nova série deve analisar a maneira como João de Deus exercia seu controle sob os moradores de Abadiânia, comandando completamente a economia da cidade e sua política.

A produção também deve mostrar como foi a juventude do suposto médium, como ele ficou famoso no Brasil e entre o público internacional, e as denúncias das vítimas.

João de Deus: Cura e Crime já está disponível na Netflix. Confira abaixo o trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio