Após fãs, médico detona cena polêmica de Outer Banks

No YouTube, um radiologista intervencionista analisou os detalhes da cena mais bizarra da segunda temporada

Publicado em 11/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Contém spoilers

A cena da “morte e ressurreição” de Sarah Cameron na segunda temporada de Outer Banks já deu o que falar entre os fãs. Agora, chegou a vez de um médico de verdade criticar a cena.

O radiologista intervencionista Michael Cellini é dono de um canal no YouTube. Em um de seus vídeos mais recentes, ele decidiu fazer uma análise da tão comentada cena da segunda temporada de Outer Banks.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O médico começou zombando da facilidade da personagem em andar apesar de ter um ferimento a bala no alto da perna direita: “Ela está fazendo um ótimo trabalho ao caminhar.”

O médico então comentou que a clínica para qual a personagem é levada “não é exatamente estéril”, levando a riscos de infecção. Além disso, depois da cirurgia altamente insegura e improvisada em Sarah, o médico fictício de Outer Banks leva muito tempo para tentar uma RCP (Reanimação Cardiopulmonar).

“Ele está esperando, não agindo. É meio estranho”, disse Cellini sobre esse detalhe.

Cena polêmica da segunda temporada

Mas ainda não é a pior parte. Depois de começar a perder a consciência e os sinais vitais, Sarah milagrosamente volta à vida através de uma RCP muito pouco convincente de John B.

“Essa é uma das piores RCP que eu já vi na minha vida. Você precisa empurrar o peito uns bons 5 cm de profundidade, então você tem que empurrar de verdade”, comentou o médico.

“Aqueles que já fizeram RCP sabem como é difícil. Você precisa colocar um pouco de força, com todo o seu peso corporal.”

O médico acrescentou, dizendo que o conselho na série para tomar cuidado para não quebrar as costelas de Sarah durante a RCP é falso: “Nesse momento, o paciente não está vivo. Você não tem escolha.”

“Você dá compressões torácicas adequadas, com profundidade e velocidade adequadas, ou o paciente permanece morto. Você faz o que for preciso, e às vezes quebra algumas costelas no processo.”

“Ao tentar fazer um coração voltar ao ritmo normal, tudo vale a pena”, ele concluiu.

Outer Banks está disponível na Netflix. Confira abaixo o vídeo do médico analisando a polêmica cena da segunda temporada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio