As coisas estranhas que aconteceram no set de The Walking Dead

Atores passando mal, problemas com a polícia e muito mais

Publicado em 25/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a estreia da 11ª e última temporada de The Walking Dead no Brasil cada vez mais próxima, fãs mal podem esperar para descobrir o destino dos personagens principais. Nos seus mais de 10 anos de história, a série foi marcada por diversos eventos estranhos nos bastidores – fãs até mesmo especularam sobre uma possível maldição. O site Looper falou tudo que você precisa saber sobre o assunto.

O primeiro episódio de The Walking Dead foi exibido em 31 de outubro de 2010. De lá para cá, muita coisa mudou. Andrew Lincoln, o intérprete do protagonista Rick Grimes, inclusive deixou a produção em sua nona temporada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A temporada final de The Walking Dead tem tudo para subverter a trama dos quadrinhos e criar um final realmente satisfatório para os fãs.

Enquanto os novos episódios não estreiam no Brasil; confira abaixo as 7 coisas mais estranhas que já aconteceram nos bastidores de The Walking Dead.

Problemas com a polícia

Antes da estreia de The Walking Dead, grande parte dos atores da série não era conhecida pelo público. Além disso, os moradores do estado americano da Georgia não estavam preparados para uma série tão agitada ser gravada no “quintal”. Por isso, um grupo de moradores chamou um time da SWAT para lidar com Michael Rooker, o Merle.

“Quando comecei a atirar nos zumbis, percebi que um grupo de pessoas começou a correr em minha direção. Eles já haviam chamado uma equipe da SWAT”, comentou Rooker, que conseguiu resolver a situação tranquilamente.

Passou mal

Em seu primeiro dia no set de The Walking Dead, Steven Yeun acabou desmaiando. Uma das primeiras cenas gravadas pelo ator foi a que Glenn corria para pegar o chapéu de Rick. O ator não estava preparado para sair correndo, e acabou desmaiando de exaustão.

Curiosamente, essa não foi a única vez que Yeun passou mal no set de The Walking Dead. Na cena em que a cabeça de Glenn é arrebentada por Negan, o ator também se sentiu mal, mas dessa vez, por emoção.

Coleção macabra

Na edição de 2014 da convenção Walker Stalker, Norman Reedus revelou que “guardou a barba de Rick Grimes em uma sacola no refrigerador”. E esse não é o único souvenir bizarro que o intérprete de Daryl levou dos bastidores da produção da AMC.

Em outras entrevistas, o ator revelou que guardou também o rabo de cavalo de Hershel Greene e até mesmo a cabeça de um zumbi criada a partir do visual de Johnny Depp. Greg Nicotero, o produtor-executivo da série, já aprovou a coleção do astro.

Um carrapato no pior lugar

Como as gravações de The Walking Dead costumam ocorrer em áreas rurais ou florestas, atores e a equipe de produção precisam sempre checar por carrapatos. Em uma dessas inspeções, Steven Yeun encontrou um dos parasitas no pior local possível: suas partes íntimas.

“Tive que tirá-lo de lá e queimá-lo com um isqueiro. Mas foi bom isso ter acontecido comigo, já que eu sou a única pessoa que contaria algo assim para os outros”, comentou o ator em uma entrevista no programa de Conan O’Brien.

Acidente de percurso

Na 10ª temporada de The Walking Dead, Dante é revelado como o espião dos Sussurradores em Alexandria. A traição leva o personagem a uma morte brutal nas mãos de Gabriel. O que os fãs não sabem é que o ator Juan Javier Cardenas apanhou de verdade durante a gravação do momento.

“Na 15ª tomada da cena, meu fígado já tinha apanhado demais! A força do ataque foi difícil de aguentar. Mas o Seth (Gilliam, intérprete de Gabriel) foi fantástico. Ele basicamente estava tentando apunhalar meu coração. Eu estava literalmente batendo no chão, foi bem complicado”, comentou o ator.

Momentos de emoção

Na temporada mais recente de The Walking Dead, a série faz um ótimo trabalho ao humanizar Negan. A série oferece um olhar sobre a vida do personagem antes do apocalipse zumbi, junto com sua esposa Lucille (interpretada por Hilarie Burton, a esposa de Jeffrey Dean Morgan na vida real). No episódio, o ator demorou para gravar as cenas pois não conseguia parar de chorar.

“Era como se eu estivesse à beira de um ataque de nervos. Foi tudo muito pesado. Todas essas cenas terminaram em lágrimas”, comentou o ator.

O sotaque de Andrew Lincoln

Às vezes, atores acabam “contaminados” pelos sotaques de seus personagens. Foi isso que aconteceu com Andrew Lincoln em The Walking Dead. O ator é britânico, mas manteve seu sotaque americano mesmo longe das gravações.

“Eu passo tanto tempo nos Estados Unidos que me sinto bem mais confortável para falar com o sotaque. Alguns amigos me conhecem só pelo sotaque americano”, comentou o astro de The Walking Dead.

The Walking Dead retornou com a 11ª nos Estados Unidos em 22 de agosto. No Brasil, os episódios serão exibidos pela plataforma de streaming Star+, mas ainda não têm data de estreia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio