Mais do que você gosta.

Publicidade

Para maiores

Fã testa posição sugerida em Sex/Life e revela resultado

Série da Netflix popularizou a técnica do alinhamento coital

Publicado por Alexandre Guglielmelli

25/08/2021 10:00

Se você já maratonou a série Sex/Life na Netflix, provavelmente já conhece o termo “técnica de alinhamento de coito”. A técnica aparece no quinto episódio da série, e é descrita pela protagonista Billie como “a mais perfeita conexão”. Após a posição ficar famosa no mundo inteiro, uma fã da série e colunista do site Cosmopolitan testou o método – e compartilhou resultados interessantes.

“A posição CAT, como é normalmente chamada, é ótima para pessoas que têm vulva, pois promove tanto o estímulo externo do clitóris e a penetração interna, tudo na mesma técnica”, afirma a sexóloga Chantelle Otten, do podcast Sealed Section.

Continua depois da publicidade

Cam Fraser, outro sexólogo, descreve a CAT como “uma versão modificada da posição papai e mamãe”. A ênfase é no termo “modificada”, já que as duas posições contam com aspectos bastante diferentes.

O objetivo é aumentar o prazer por meio “do estímulo consistente ao clitóris pelo parceiro que realiza a penetração, posicionando-se de maneira mais alta”. Como explica Cam, essa técnica resulta na púbis do parceiro que penetra pressionando diretamente contra o clitóris.

A jornalista Rachel Varina testou o método e revelou os resultados em uma matéria publicada no site Cosmopolitan; confira abaixo.

A famosa posição de Sex/Life

“Como alguém casada e feliz com seu próprio ‘Brad’, eu sabia que deveria tentar a famosa técnica que poderia me dar um orgasmo estilo Netflix”, comenta a jornalista no início da reportagem.

Assim como grande parte dos fãs, Varina não tinha ideia de como fazer a técnica, e por isso procurou conselhos de especialistas.

O principal ponto da técnica do alinhamento coital está presente no próprio nome do método: os usuários do método precisam “alinhar” os genitais, adotando uma posição mais alta do que a tradicional.

No entanto, devido à diferença de altura entre a fã de Sex/Life e seu marido, a técnica não deu tão certo. Era como se a jornalista olhasse apenas para os pelos no peito do marido, não para seus olhos. Por causa disso, a “testadora” da posição ficou distraída por outros aspectos.

Felizmente, com o desenvolvimento da técnica, tudo ficou mais prazeroso.

“Com cada estocada, era como se derretêssemos um no outro. Meus dedos afundaram em suas panturrilhas, e ele jogou todo seu peso em cima do meu corpo. Os gemidos eram guturais e carnais”, comenta a jornalista.

Por cerca de 5 minutos, o casal teve o sexo mais intenso de sua vida. No entanto, a penetração não foi suficiente para levar a autora da matéria ao orgasmo. A jornalista precisou utilizar um vibrador para chegar ao clímax.

“Mas foi melhor que o papai e mamãe tradicional”, comentou Varina.

O veredito é que a técnica do alinhamento coital é “uma maneira interessante de se conectar ao parceiro, mas não oferece o orgasmo explosivo imaginado”.

A primeira temporada de Sex/Life está disponível na Netflix.

Publicidade