História de encerramento de Chaves volta ao Brasil

Escrito pelo próprio Roberto Gómez Bolaños

Publicado em 3/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A editora Pipoca & Nanquim vai republicar O Diário do Chaves, livro de 1995 que encerra oficialmente a série Chaves. O livro foi escrito por Roberto Gómez Bolaños, criador da série.

Trata-se de um livro considerado canônico para o grupo Chespirito, que cuida do legado de Bolaños. Na história, os personagens icônicos do seriado estão presentes, incluindo Seu Madruga, Quico, Chiquinha, Dona Florinda, dentre outros.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A trama de O Diário de Chaves mostra o personagem titular engraxando os sapatos de ninguém menos que Roberto Gómez Bolaños. Com isso, o roteirista e ator acaba ficando o diário do Chaves e decide publicar esse material.

Com isso, a série ganha um desfecho oficial. O livro foi publicado no Brasil originalmente em 1995, mas estava sem editora desde então. Veja a capa, abaixo.

Fim da história

A nova edição do Pipoca & Nanquim traz alguns extras, incluindo um texto de Florinda Meza, que interpreta Dona Florinda. Ela relata a trajetória do elenco da série, a cronologia de Chaves e ainda traz detalhes sobre os bastidores.

Ao todo são 172 páginas do seriado que era exibido pelo SBT, até julho de 2020. Por enquanto, o programa não é exibido no Brasil, seja por emissora tradicional, ou plataforma de streaming.

Chaves estreou em 1972, no México, em 1984 a série de comédia passou a ser exibida no Brasil, pelo SBT.

A nova edição de O Diário de Chaves chega ao Brasil em 27 de agosto. O preço sugerido é de R$ 49,90. Atualmente ele está em pré-venda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio