No exterior, Big Brother tem surto de COVID-19

Nove pessoas foram infectadas

Publicado em 20/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A variante delta de COVID-19 tem causado muito estrago tanto no Brasil, quanto no mundo afora. Dessa vez, foi o Big Brother dos EUA que enfrentou um surto da doença.

Conforme o Deadline, nove pessoas envolvidas com o reality show foram diagnosticadas com a doença. A produção do programa, no entanto, não foi interrompida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os casos foram identificados nos estúdios da emissora CBS, onde é gravada a 23ª edição do Big Brother EUA. Os testes foram registrados no banco de dados que Los Angeles mantém sobre a pandemia.

COVID no Big Brother EUA

“Os nove testes positivos para membros da equipe foram registrados ao longo de várias semanas desde 26 de julho, com a maioria dos afetados já de volta ao trabalho após terem sido colocados em quarentena e, posteriormente, liberados, ouvi dizer”, relatou o Deadline, que cita uma fonte próxima à produção

“Eles atuavam em diferentes áreas do set de filmagem. Acredita-se que nenhum dos membros da equipe que foram infectados teve interação com os competidores do programa”, continua o veículo.

Antes do início do programa, a CBS exigiu testes de COVID-19 para todos os funcionários a fim de garantir a segurança da produção.

Eles também foram isolados individualmente e tiveram de usar máscaras ao conversarem com a apresentadora Julie Chen Moonves.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio