Sex Education: Nova diretora traz grande mudança para 3ª temporada

Interpretada por Jemima Kirke, Hope Haddon vai agitar a trama da série da Netflix

Publicado em 24/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 3ª temporada de Sex Education é um dos lançamentos mais aguardados pelos fãs da Netflix em 2021. Com estreia prevista para 17 de setembro, os novos episódios devem trazer grandes reviravoltas para Otis, Eric, Maeve e toda a turma. Uma das maiores novidades é a chegada da Diretora Hope Haddon, que fará de tudo para trazer a “decência” de volta ao Colégio Moordale.

A nova personagem será interpretada pela atriz britânica Jemima Kirke. Você provavelmente conhece a artista por sua performance como Jessa na série Girls, exibida pela HBO.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Sex Education, Kirke interpreta uma personagem bem diferente. A diretora Hope é descrita como “conservadora” e “antiquada”, algo que deve causar uma grande ruptura com os liberais estudantes do colégio.

O site do jornal The Guardian revelou mais detalhes sobre a presença da personagem na 3ª temporada, além de mostrar como foram realizadas as gravações dos momentos mais complicados dos novos episódios; confira abaixo.

Diretora Hope em Sex Education

Na 3ª temporada de Sex Education, a utopia sexual do Colégio Moordale é destruída pela chegada de Hope Haddon, a nova diretora da instituição. A personagem chega para substituir Michael Groff, o exigente pai de Adam.

Após a divulgação do controverso livro de Jean sobre o colégio e a epidemia de clamídia, Hope chega para colocar ordem na bagunça, com um currículo focado inteiramente na abstinência sexual.

Além disso, a nova personagem ordena a utilização de um uniforme bastante rígido para todos os alunos. O amarelo tradicional da escola continua presente em detalhes, mas as roupas são quase inteiramente cinzas (como pode ser conferido no trailer e nas imagens divulgadas).

Em Girls, Jemima Kirke interpretou a fogosa Jessa, e inspirou até mesmo os produtores de Sex Education – como confirmou o produtor executivo Ben Taylor.

“A série Girls revolucionou esse tipo de produção ao mostrar o sexo como uma coisa mais casual, uma expressão de amor próprio”, comentou a atriz.

Em uma entrevista em Belfast, Kirke falou também sobre as semelhanças e diferenças entre Sex Education e Girls.

“Em Girls, mostramos que sexo não precisa ser necessariamente sexy, e que nem mesmo a nudez precisa ser algo inerentemente sexual”, afirmou Kirke.

Na 3ª temporada de Sex Education, Hope será a principal rival de Jean, a terapeuta sexual interpretada por Gillian Anderson. Na entrevista, Jemima Kirke falou sobre as gravações com a colega.

“Foi tudo muito divertido. Você tem essas duas mulheres maduras na série, e elas pensam de maneira completamente oposta. Cada uma representa uma ameaça para a outra”, explicou a atriz.

Kirke também comentou sobre a maneira responsável e sensível como Sex Education aborda o sexo entre adolescentes.

“Essa sinceridade é essencial. Precisamos admitir francamente que os adolescentes fazem sexo, e torcer para que eles façam sexo seguro. Então, precisamos falar a língua deles”, comenta Kirke.

A 3ª temporada de Sex Education estreia na Netflix em 17 de setembro; veja abaixo o trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio