Estrela da Netflix revela como La Casa de Papel mudou sua vida

Úrsula Corberó comemora o sucesso da série e fala sobre os últimos dias de filmagem

Publicado em 14/09/2021 21:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A primeira parte da temporada final de La Casa de Papel deixou os fãs chocados com a morte de Tóquio. A narradora da série se despediu dos amigos em um sacrifício heroico, morrendo em uma explosão que também ceifou a vida de Gandía. Em uma entrevista ao jornal STAR, Úrsula Corberó falou sobre o desfecho de sua personagem e como a série da Netflix mudou sua vida para sempre.

“Quando você termina algo e olha para trás, sempre existe um pouco de melancolia. Tudo que pude fazer, tudo que aconteceu conosco, as jornadas que percorremos… Eu fico até um pouco triste. Penso em como minha vida mudou e a falta que sentirei dos colegas”, comentou a estrela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tóquio será lembrada pelos fãs de La Casa de Papel não apenas como a narradora da história, mas como uma heroína durona e repleta de momentos memoráveis.

Veja abaixo tudo que a atriz falou sobre sua despedida na Netflix e seus últimos momentos na série.

O adeus de Tóquio em La Casa de Papel

Úrsula Corberó lembrou que o set de filmagens de La Casa de Papel sempre foi muito barulhento e atarefado, com pessoas correndo de um lado para o outro. Mas em seu último dia de gravações, o local ficou estranhamente silencioso.

“Naquele dia, o estúdio estava coberto de silêncio. Acho que todos sabiam que o fim estava próximo. Lembro de esperar no camarim para gravar, e receber o recado ‘Úrsula, estamos prontos para gravar sua última cena’. Lembro como se fosse ontem”, comentou a estrela.

A atriz também revelou mais detalhes sobre seu estado emocional durante as gravações das últimas cenas.

“Foi como se eu estivesse em um túnel da morte. Me senti muito nervosa, com todas as emoções ao mesmo tempo. Achei que não conseguiria gravar a última cena por me sentir cansada demais, nervosa demais. Fiquei triste, mas a minha intenção era fechar tudo com chave de ouro”, explicou Corberó.

Perguntada sobre o início da série, a atriz contou que nunca imaginou que seria escalada, já que era conhecida principalmente por performances cômicas.

“Um mês depois da audição, eles me disseram que eu tinha sido escolhida para o papel de Tóquio. Foi tudo uma surpresa! Até o momento, eu só havia interpretado personagens cômicos em filmes de comédia”, revelou a atriz.

Para ela, a decisão de Alex Pina de escalá-la como Tóquio foi “bastante ousada e arriscada”.

“Eles não sabiam se eu conseguiria interpretar esse tipo de personagem. Na verdade, nem eu sabia. Por isso tive essa sede de provar meu valor e criar uma personagem muito diferente de qualquer outra em minha carreira”, explicou Corberó.

A estrela de La Casa de Papel terminou a entrevista explicando como Tóquio e a série da Netflix mudaram sua vida.

“Tóquio mudou minha vida, com certeza. E deve continuar mudando. Foi muito intenso o que aconteceu com todos nós. Quando vejo artes com o meu rosto na Índia, Dubai ou América do Sul, nem sei como lidar. Acho que ainda não entendi tudo isso, sabe? Mas estou mudada, em todos os níveis”, finalizou Úrsula Corberó.

A primeira parte da temporada final de La Casa de Papel já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio