Lucifer: 6ª temporada dá despedida “satisfatória”

Crítica especializada celebra o desfecho da série da Netflix

Publicado em 7/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 6ª e última temporada de Lucifer está prestes a estrear na Netflix, e sua trama tem tudo para agradar até mesmo os fãs mais exigentes. Pelo menos, é isso o que dizem as críticas já divulgadas sobre os últimos episódios, que serão lançados na plataforma em 10 de setembro. Em sua maioria, as resenhas elogiam a qualidade do desfecho.

Os novos episódios começam exatamente após os eventos da 5ª temporada, com Lucifer assumindo o papel de Deus, já que o personagem de Dennis Haysbert se aposenta e vai para o universo da Deusa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lucifer conseguiu o que queria, mas os primeiros episódios da 6ª temporada mostram que o personagem enfrenta problemas ainda mais complicados, e passa a considerar que não tomou a decisão certa.

O site ComicBook revelou tudo que os fãs podem esperar da temporada final de Lucifer; confira abaixo.

A qualidade da temporada final de Lucifer

Segundo o ComicBook, um dos principais trunfos do final de Lucifer é o fato da série abordar com mais profundidade os temas da série. A sexta temporada é, sem sombra de dúvidas, a temporada mais intimista da série.

A mudança no status quo do protagonista também altera as tramas dos personagens principais, influenciando suas motivações, emoções e importância no enredo em geral.

Todos os personagens principais de Lucifer ganham episódios especializados na temporada final, mas o 6º ano da série não é apenas um estudo de personalidades. Lucifer consegue criar um novo problema para ser resolvido pela turma, algo que faz sentido no tema corrente da saga.

Além disso, os episódios finais fazem um ótimo trabalho ao conectar todas as pontas soltas e trazer de volta elementos dos primeiros episódios da série.

Fãs podem esperar pelo retorno de diversas figuras queridas, que já estavam há um bom tempo sumidas, além de referências e easter eggs das primeiras temporadas.

Um bom exemplo dessa tendência é o 6º episódio, intitulado “A Lot Dirtier than That”. O episódio aborda o movimento Vidas Negras Importam, além do grande problema de racismo e intolerância nas forças policiais.

O episódio honra seu delicado tema, e assim, se torna um dos melhores capítulos da história da série – além de influenciar o resto da narrativa da temporada.

Os últimos episódios de Lucifer também introduzem uma nova personagem: Rory, interpretada por Brianna Hildebrand (Deadpool). A figura se torna um verdadeiro divisor de águas na história de Lucifer.

As resenhas já publicadas também elogiam a performance do elenco da série, elogiando principalmente a atuação de Tom Ellis e Lauren German como os protagonistas Lucifer e Chloe Decker.

Aimee Garcia e Kevin Alejandro, intérpretes de Ella e Dan, também tiveram as atuações elogiadas, principalmente em seus episódios especiais.

Embora a maioria dos aspectos da última temporada de Lucifer tenham sido elogiados, certos momentos dos episódios finais foram alvos de críticas por “não fazerem sentido”.

No final das contas, a temporada final de Lucifer conta com ótimas performances, episódios bem construídos e uma ótima quantidade de momentos para os fãs. O 6º ano não é apenas uma ótima temporada de TV, mas também um último ‘viva’ para o Diabo em pessoa”, afirma a crítica do site ComicBook.

A temporada final de Lucifer estreia na Netflix em 10 de setembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio