Publicidade

Comédia premiada

Netflix gastou bilhões para conseguir série substituta de Friends

Plataforma compensa a ausência da sitcom com a chegada de Seinfeld

Publicado por Alexandre Guglielmelli

03/09/2021 20:15

Por muitos anos, Friends estabeleceu-se como uma das séries mais populares entre os assinantes da Netflix. Para o desespero dos fãs, a sitcom deixou o catálogo da plataforma e agora figura entre as produções mais assistidas do HBO Max. Para compensar a ausência da série, a Netflix pode ter gastado bilhões de reais para disponibilizar aos fãs outra icônica comédia: Seinfeld.

Poucas séries de TV alcançaram o impacto cultural de Seinfeld. Durante suas nove temporadas, exibidas entre 1989 e 1998, a produção comandada por Jerry Seinfeld se tornou um dos projetos mais importantes da história da televisão americana – e continua influente mesmo décadas após sua conclusão.

Segundo uma matéria publicada no The Hollywood Reporter em 2019, a Netflix teria gastado 500 milhões de dólares – mais de 1 bilhão de reais – para adquirir os direitos de transmissão de Seinfeld nos Estados Unidos e no catálogo internacional.

O site Distractify falou mais sobre o processo de aquisição e a estreia de Seinfeld na Netflix; confira abaixo.

Seinfeld na Netflix – Investimento pesado

Icônicas séries de comédias como Friends e The Office também foram adquiridas pela Netflix por valores similares. Hoje em dia, as duas já deixaram o catálogo da plataforma.

Seinfeld, por outro lado, superou até mesmo os valores milionários pagos pela Netflix por The Office e Friends. Para conseguir os direitos internacionais da sitcom, a plataforma precisou guerrear com outras gigantes da indústria.

A batalha pelos direitos de transmissão de Seinfeld contou com quantias chocantes oferecidas pela Amazon, Hulu, CBS All Access e HBO Max. No final, foi a Netflix que venceu a guerra.

A Netflix não chegou a confirmar oficialmente o valor pago pelos direitos da Netflix. Anteriormente, a Hulu pagou 130 milhões de dólares para exibir a série por 6 anos.

Embora possa surpreender alguns assinantes, o fato da Netflix gastar mais de 1 bilhão de reais para garantir a exibição de uma série que chegou ao fim em 1998 faz sentido. Afinal de contas, duas sitcoms clássicas deixaram a plataforma recentemente.

A NBCUniversal pagou 500 milhões de dólares para exibir The Office, e a WarnerMedia (do HBO Max), comprou os direitos de Friends por 425 milhões de dólares. Como as duas séries eram as mais assistidas da Netflix, principalmente pelo público americano, a plataforma cuidou logo de disponibilizar outro marco cultural estadunidense.

Todos os 180 episódios de Seinfeld serão disponibilizados pela Netflix – tanto nos Estados Unidos quanto no catálogo internacional – a partir de 1 de outubro.

Veja abaixo o trailer que a Netflix divulgou para a estreia de Seinfeld na plataforma.

Publicidade