Nome real de Tóquio esconde segredo em La Casa de Papel

Personagem de Úrsula Corberó na Netflix se chama Silene Oliveira

Publicado em 13/09/2021 18:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O momento mais chocante da primeira parte da temporada final de La Casa de Papel, já disponível na Netflix, é a morte de Tóquio. A narradora da série se sacrifica para salvar os amigos, levando consigo o antagonista Gandía. Os últimos episódios também revelam o nome verdadeiro da personagem: Silene Oliveira. Muitos fãs não sabem, mas esse nome traz referências a uma importante personagem da mitologia grega.

Na temporada final de La Casa de Papel, Tóquio finalmente confronta seu papel na equipe do Professor. A personagem de Úrsula Corberó é atingida por tiros dos agentes militares, e em um último esforço desesperado, detona as bombas que estavam em seu colete.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A morte de Tóquio deve trazer reviravoltas imprevisíveis para a reta final da série, que estreia em 3 de dezembro. O desfecho da primeira parte já deixou claro que o Professor e sua equipe sofrerão muito para lidar com a despedida da narradora.

O site CheatSheet falou tudo sobre as referências mitológicas e os segredos do nome real de Tóquio em La Casa de Papel; confira abaixo.

O nome real de Tóquio em La Casa de Papel

No decorrer da trama de La Casa de Papel, os espectadores puderam descobrir os nomes reais de diversos personagens. Afinal de contas, na equipe do Professor, todos usam pseudônimos.

Em sua reta final, a série revela que o nome real de Tóquio, a narradora da história, é Silene Oliveira.

“Silene” é o nome de uma flor cujo simbolismo representa “amor juvenil”. O nome também é associado a Selene, uma deusa da mitologia grega.

No panteão grego, Selene era uma deusa da Lua. A personagem mitológica faz parte dos Titãs, os ancestrais dos Olimpianos.

De acordo com a lenda, Selene viajava todas as noites do oceano ao céu, levando sua carruagem como uma personificação da lua. O nome Silene (ou Selene) significa “luz, beleza e brilho”.

Assim como a personagem de La Casa de Papel, Selene também era conhecida por sua agitada vida amorosa. A deusa tem histórias de amor com Zeus, Pã e outros deuses, mas sua lenda mais famosa envolve o humano Endymion.

A lenda diz que Selene se apaixonou por Endymion à primeira vista, ao se surpreender com a beleza do humano em uma de suas jornadas noturnas. Com o objetivo de ficar ao lado do amado para sempre, a deusa pede a Zeus que ofereça a imortalidade ao jovem.

No entanto, tudo tem seu preço. Em uma ironia mortal, a própria influência de Selene prende Endymion em um sonambulismo eterno, no qual ele só poderia encontrar a amada nos sonhos, para sempre.

Em La Casa de Papel, Tóquio pode até não ter dirigido uma carruagem lunar pelos céus noturnos, mas todos concordam que a personagem trouxe luz para a vida de Rio.

Assim como Selene e Endymion, Tóquio e Rio vivem uma épica – e trágica – história de amor. A paixão dos personagens será lembrada para sempre pelos fãs de La Casa de Papel.

A primeira parte da temporada final de La Casa de Papel já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio