The Walking Dead: Amigo de Maggie pode ser grande vilão

Fãs desconfiam que Elijah é um integrante dos Ceifadores

Publicado em 16/09/2021 18:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Exibindo atualmente sua 11ª e última temporada, The Walking Dead introduz um novo grupo hostil de sobreviventes, após a derrota dos Sussurradores. Os Ceifadores (Reapers na versão original), são vilões mascarados comandados pelo sinistro Pope. De acordo com o site Screen Rant, um dos sobreviventes da comunidade de Maggie pode ser, na verdade, um integrante infiltrado do grupo de antagonistas.

O episódio mais recente da série apresentou uma pista importante, que apoia a teoria de que Elijah é um Ceifador – ou pelo menos já fez parte do grupo de violentos sobreviventes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde o lançamento do trailer da 11ª temporada, já desconfiaram das verdadeiras intenções de Elijah, principalmente após o personagem aparecer com uma máscara parecida com a dos Ceifadores.

O 4ª episódio da nova temporada revela ainda mais paralelos entre Elijah e os Ceifadores; confira abaixo.

Elijah é um Ceifador em The Walking Dead?

Desde sua introdução na 10ª temporada de The Walking Dead, Elijah tem sido alvo das especulações dos fãs.

Inicialmente, a máscara do personagem foi vista apenas como uma maneira de esconder a identidade de alguma figura já conhecida pelos fãs, como Duane ou até mesmo Heath.

Mas quando a série revelou que o mascarado era um personagem inédito, os rumores começaram nas redes sociais.

Pouco se sabe sobre o passado de Elijah, além do fato do guerreiro ter se tornado amigo de Maggie após Hilltop, tendo ajudado a personagem de Lauren Cohan a estabelecer sua nova comunidade em Meridian. Também foi revelado que a irmã de Elijah foi morta pelos Ceifadores.

Em “Rendition”, o quarto episódio da nova temporada, Daryl consegue escapar ileso de um cabana incendiada, salvando Leah no processo.

Pope, o líder dos Ceifadores, elogia Daryl por salvar a vida de Leah antes de garantir sua própria sobrevivência, e também acusa Bossie de abandonar Turner durante seu confronto com Maggie em “Hunted”.

O líder revela para Daryl a principal base da filosofia do grupo: nunca abandonar os “irmãos”. Essa mesma característica foi exibida por Elijah em episódios anteriores.

Em “Home Sweet Home”, Elijah arrisca a própria vida para salvar Daryl e Maggie de uma horda de zumbis.

Mesmo assustado pelos Ceifadores, Elijah também tenta salvar Maggie quando a personagem é atacada pelo grupo em “Hunted”.

Desde então, o personagem exibe constantemente esse heroísmo tão valorizado por Pope – o que sugere que ele já fez parte dos Ceifadores no passado.

A disposição de Elijah também sugere algum tipo de background militar. No quarto episódio, Pope conta a Daryl algumas histórias sobre sua vida como soldado no Afeganistão.

A vívida descrição do carnificina oferecida a Daryl mostra que os próprios Ceifadores têm traumas não resolvidos e um ódio muito grande de estruturas formais de governo.

Elijah, além de ter as habilidades de combate de um veterano, também parece compartilhar os mesmos traumas dos Ceifadores.

A verdadeira história de origem de Elijah tem tudo para ser abordada nos próximos episódios de The Walking Dead, que vão ao ar todos os domingos na plataforma Star+.

Clique aqui para assinar o Star+ e assistir The Walking Dead.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio