Publicidade

Polêmica

Fãs reclamam e não querem nova série de atriz da Marvel na Netflix

Assinantes pedem o boicote de Sex Love & Goop, criada por Gwyneth Paltrow

Publicado por Alexandre Guglielmelli

15/10/2021 21:15

The Goop Lab foi lançada na Netflix em 2020, e não demorou para causar polêmica entre os espectadores e a imprensa especializada. Mesmo com as críticas, a plataforma anunciou a produção de mais uma série comandada por Gwyneth Paltrow – a Pepper Potts da Marvel, e acabou repetindo a mesma controvérsia. Sex Love & Goop ainda nem estreou na plataforma, e assinantes já pedem seu boicote e cancelamento.

Sex Love & Goop explora como o sexo e a intimidade ocorrem de maneiras diferentes – e mostra que o prazer é bem maior do que você pensa”, afirma a descrição oficial da série. Além de apresentar todos os episódios, Paltrow também é a produtora-executiva da série, que estreia em 21 de outubro.

Gwyneth também revela que a série encontrou inspiração em suas próprias experiências, e que “é cheia de lições que eu mesma aprendi há muitos anos”.

O site TheThings falou tudo sobre as críticas dos fãs à nova série de Goop na Netflix; confira abaixo e tire suas próprias conclusões.

A polêmica de Sex Love & Goop na Netflix

Gwyneth Paltrow fundou a Goop em 2018, lançado a marca originalmente como um newsletter semanal. Com o passar dos anos, a empresa cresceu e passou a oferecer inúmeros serviços e produtos nas áreas de moda, bem estar, beleza, sexualidade e saúde.

Com o lançamento da série The Goop Lab em 2020, Paltrow foi detonada na internet por promover produtos de saúde sem qualquer tipo de comprovação médica, promovendo assim o charlatanismo e a pseudociência.

Nas redes sociais e em comentários do YouTube, assinantes da Netflix indicam que a nova série foi uma péssima decisão da plataforma, e chegam a afirmar que vão cancelar a assinatura se a produção não for removida.

“Ou vocês removem essa série, ou vou cancelar a minha assinatura. Não estou brincando”, comentou um assinante no Twitter.

Nos comentários, internautas não pouparam críticas ao empreendimento de Gwyneth Paltrow e seu destaque na Netflix.

Sex Love & Goop parece repulsiva. Quem quer conselhos sexuais vindos de Paltrow, uma amante de pseudociência?”, comentou outra internauta na rede social.

O desejo dos assinantes parece ser unânime: o cancelamento imediato de Sex Love & Goop pela Netflix.

“Algo em que todas as pessoas razoáveis podem concordar: a série Sex Love & Goop deve ser cancelada o mais rápido possível – literalmente e figurativamente”, afirmou outra assinante.

No YouTube a situação se repete. O trailer oficial da série, lançado há algumas semanas, conta com 2 mil curtidas e cerca de 1,5 mil dislikes. A maioria dos comentários critica duramente a Netflix por dar sinal verde para a produção de Sex Love & Goop.

“Isso é sério? Vocês cancelam tantas séries maravilhosas, pelas quais o público estava realmente interessado, mas continua apoiando a Goop mesmo após todas as críticas?”, questiona um dos comentários.

Outros, afirmam que Gwyneth Paltrow não precisa da ajuda da Netflix para promover sua marca, e que a plataforma deveria investir melhor seu dinheiro.

“Por favor, parem de dar dinheiro para a Gwyneth Paltrow”, comentou outro espectador.

Algumas críticas foram ainda mais pesadas, comparando a decisão da Netflix com a irresponsabilidade do Facebook.

“Que p*rra é essa? Facebook está destruindo o mundo, e agora a Netflix vem para ajudar”, detonou outro internauta.

Sex Love & Goop estreia na Netflix em 21 de outubro; veja abaixo as reações originais e o polêmico trailer.

Publicidade