Publicidade

História real

Netflix lança série de crime chocante como o de Suzane von Richthofen

Por Que Matei Minha Família? fala sobre garoto de 14 anos que assassinou os pais em Israel

Publicado por Alexandre Guglielmelli

27/10/2021 20:00

O interesse do público brasileiro pelo Caso Richthofen foi revivido graças ao lançamento dos filmes O Menino Que Matou Meus Pais e A Menina Que Matou os Pais, ambos disponíveis no Amazon Prime Video. Pegando carona no tema polêmico, a Netflix se prepara para lançar a série Por Que Matei Minha Família?, uma produção israelense com semelhanças arrepiantes aos crimes de Suzane von Richthofen.

Vale lembrar que Suzane foi condenada a 40 anos de prisão por orquestrar o assassinato dos pais, Manfred e Marísia, com a ajuda do namorado Daniel Cravinhos e o cunhado Cristian. O crime aconteceu em 2002, e até hoje, continua a chocar o Brasil.

Por Que Matei Minha Família? aborda uma história parecida, mas ambientada em Israel e protagonizada por um garoto de 14 anos.

Explicamos abaixo tudo que você precisa saber sobre a trama e o lançamento da minissérie na Netflix; veja.

A história arrepiante de Por Que Matei Minha Família? na Netflix

Por Que Matei Minha Família? é uma produção da cineasta israelense Tali Shemesh, conhecida principalmente por comandar documentários elogiados por público e crítica.

A nova minissérie da diretora estreou em Israel em 2020, e assim como os filmes de Suzane von Richthofen no Brasil, reavivou o interesse do público por um crime chocante.

Lançado com o título original de “The Motive” (O Motivo), Por Que Matei Minha Família? acompanha a história de um garoto de 14 anos que matou toda a família a tiros nos anos 80.

Como se o incidente em questão não fosse assustador o suficiente, diversas questões sobre o caso continuam sem respostas.

A produção de 4 episódios foca na trajetória do garoto de 14 anos (que nunca chegou a ter o nome verdadeiro revelado), que matou com um rifle todos os membros de sua família em 1986. Os crimes aconteceram em Ein Kerem, uma vizinhança pacata da cidade de Jerusalém.

Na época dos crimes, o garoto afirmou que “uma criatura verde” havia se apoderado de sua mente e o obrigado a matar os familiares.

A minissérie da Netflix conta com entrevistas com diversos envolvidos no caso, entre juízes, advogados, jornalistas, policiais, médicos, promotores e até responsáveis pelo centro de reeducação em que o garoto passou 6 anos.

Como era um menor de idade na época dos crimes, o assassino nunca foi identificado pela mídia. Segundo diversas matérias, hoje em dia o responsável pelos crimes é um homem casado, com filhos e que trabalha em uma posição de destaque em uma empresa da área financeira.

Uma das partes mais interessantes da série deve ser a entrevista com Yossi Arnon, o advogado do jovem, que revela sua versão dos fatos pela primeira vez e admite que o garoto inventou a história sobre a criatura verde.

Por Que Matei Minha Família? estreia na Netflix em 28 de outubro. A plataforma não divulgou o trailer do documentário.

Publicidade