Publicidade

Um recorde

Personagem é lembrado e se torna o único a aparecer nas 3 séries de The Walking Dead

World Beyond trouxe referência e fez com que vilão alcançasse marca única

Publicado por Bruno Tomé

25/10/2021 08:43

Alerta de spoilers

Beta, o vilão dos Sussurradores de The Walking Dead, é referenciado no quarto episódio da segunda temporada de The Walking Dead: World Beyond. Com isso, o personagem é o único a aparecer nas três séries da franquia.

No seriado principal, Beta teve a maior participação. O personagem foi o braço direito de Alpha na guerra contra os sobreviventes de The Walking Dead.

Nas duas derivadas, a referência foi praticamente a mesma. Beta aparece como a identidade dele antes do apocalipse, um famoso cantor de country.

O capítulo de The Walking Dead: World Beyond trouxe o álbum Half Moon: Live in Concert, de Beta. Esse mesmo disco já apareceu antes no 14º capítulo da 10ª temporada da série principal.

Além disso, o 14º episódio da quinta temporada de Fear the Walking Dead trouxe um vinil que finalmente revelava o rosto de Beta como um cantor famoso.

Com mais essa referência, o vilão de The Walking Dead alcança essa marca única na franquia.

O apocalipse ao redor do mundo

The Walking Dead e suas derivadas se passam nos EUA e muito raramente fazem menção ou mostram fora do país norte-americano. World Beyond revelou o que aconteceu ao restante do mundo.

Até agora, nas séries e quadrinhos de The Walking Dead já vimos os estados da Georgia, Washington, Nebraska, Nova York, Califórnia, além de um pouco do México. Todos estão em situações parecidas, tomadas pelos zumbis.

Uma derivada dos quadrinhos de The Walking Dead, focada no irmão de Rick Grimes, ainda mostra que o apocalipse se estendeu para a Europa, tendo em vista que é ambientada na Espanha. Além disso, na primeira temporada da série principal, o Dr. Jenner, do CDC, explica que a França foi a última estação a ficar fora do ar, implicando que o mundo todo colapsou.

Na segunda temporada de The Walking Dead: World Beyond, a tenente coronel Elizabeth Kublek, do CRM, revela a situação global à Hope Bennett.

A vilã britânica diz: “Estamos há 10 anos nesse novo mundo e há colunas de mortos pelo continente e, até onde sabemos, no mundo inteiro”.

Isso prova que a América do Norte inteira foi tomada pelos zumbis e não apenas isso, todo o mundo. Vale apontar que a CRM é a comunidade com mais recursos no universo das séries de The Walking Dead. Se algum país tivesse controlado a situação, certamente eles saberiam.

É possível que ela esteja mentindo, mas não parece ser o caso.

No Brasil, The Walking Dead exibe a 11ª temporada no Star+. A série também tem outras temporadas na Netflix.

Clique aqui para assinar o Star+ e assistir aos novos episódios de The Walking Dead.

Publicidade