Publicidade

Aparece pouco

Cowboy Bebop: Chefe explica dúvida de fãs sobre Ed

Personagem só dá as caras no fim da temporada na Netflix

Publicado por Guilherme Coral

23/11/2021 13:56

Alerta de spoilers

Ed Radical aparece somente no fim da primeira temporada de Cowboy Bebop. O showrunner da série da Netflix explicou o porquê disso.

Andre Nemec conversou com o Netflix Unlocked (via ComicBook) e disse que a demora para a introdução do personagem foi intencional. Ele buscou primeiro estabelecer a dinâmica do grupo principal, até bagunçar tudo.

“Tudo o que queríamos era que Ed fizesse uma aparição em Cowboy Bebop. Você sabe, Ed não aparece até o nono episódio do anime. Então, não era como se Ed fosse um membro central da equipe do Bebop desde o início o anime, e era importante passar tempo suficiente com esses personagens para realmente entendê-los e obter tração”, disse o showrunner.

“Aqui precisava haver alguma estabilidade entre quem essas pessoas eram antes que pudéssemos apresentar esse outro tipo de selvagem e maluco componente do show. Aquele Ed Radical está sempre tramando algo selvagem e excêntrico, e criando problemas para a gangue”, continuou Nemec.

Mais sobre Cowboy Bebop

Cowboy Bebop é um faroeste futurista cheio de ação sobre três caçadores de recompensas.”

“Conhecidos como ‘cowboys’, Spike Spiegel (John Cho), Jet Black (Mustafa Shakir) e Faye Valentine (Daniella Pineda) formam um trio letal que percorre a galáxia em busca dos criminosos mais perigosos do universo – contanto que sejam bem pagos, obviamente.”

“Mas não são apenas seus alvos que estão em apuros. Os cowboys também têm seus próprios problemas: seu passado está à espreita”, afirma a descrição da Netflix.

O episódio de estreia de Cowboy Bebop contará com o roteiro de Chris Yost, que co-escreveu Thor: Ragnarok. O diretor do anime original, Shinichiro Watanabe, volta para trabalhar na nova versão.

A história do anime segue um grupo de caçadores de recompensa formado por Spike Spiegel, Jet Black, Faye Valentine e Radical Ed, que caçam os criminosos mais perigosos do sistema solar. A trama conta ainda com muito jazz.

Cowboy Bebop já está disponível na Netflix.

Publicidade