Publicidade

Cringe

Cowboy Bebop é alvo de polêmica por causa de cena

Adaptação de anime na Netflix causa controvérsia por trocadilho problemático

Publicado por Alexandre Guglielmelli

22/11/2021 18:00

Mesmo antes de estrear na Netflix, Cowboy Bebop já havia se envolvido em grandes polêmicas nas redes sociais. A série foi alvo de uma campanha de boicote devido ao visual de Faye Valentine, e agora, entra de cabeça em uma nova controvérsia envolvendo uma das cenas do personagem Jet Black, interpretado por Mustafa Shakir. O site IGN explicou tudo que os fãs precisam saber sobre essa história, confira abaixo.

“Ambientada no ano 2071, Cowboy Bebop acompanha a aventura de uma equipe de Caçadores de Recompensa que perseguem criminosos por todo o Sistema Solar na espaçonave Bebop”, afirma a sinopse da série divulgada pela Netflix.

Para a Netflix, adaptar uma obra prima como Cowboy Bebop sempre foi uma tarefa de peso. Normalmente, versões live-action de animes – como o criticado Death Note da plataforma – costumam perder a estética e o estilo das produções originais, o que sempre acaba desagradando os fãs.

A polêmica cena em questão acontece no terceiro episódio da série, e embora sua controvérsia não faça muito sentido em português, muitos espectadores internacionais ficaram ofendidos.

A nova polêmica de Cowboy Bebop na Netflix

O momento mais polêmico da primeira temporada de Cowboy Bebop na Netflix acontece aos 7 minutos e 40 segundos do terceiro episódio da série.

Jet Black conversa com Woodcock e afirma que a personagem está o chantageando. Ao invés de negar, Woodcock diz que “é verdade porque, Jet, você é negro e é um homem”.

Não faz muito sentido em português, certo? Ao analisar a versão original, é fácil entender o trocadilho utilizado pelos roteiristas da série.

Em inglês, a palavra chantagem é “blackmail”, e os termos “negro” e “homem” são “black” e “male”. Na resposta de Woodcock, a personagem diz “Jet, you are Black and you are male”.

Ou seja, a personagem faz um trocadilho relacionando o termo “blackmail” com as palavras “black” e “male”.

Muitos espectadores se surpreenderam com a cena – que não faz parte do anime original – e compartilharam suas reações nas redes sociais.

“Eu tento desesperadamente convencer o público que Cowboy Bebop não é tão ruim assim, mas a série continua mostrando sua ruindade”, comentou um assinante da Netflix.

No fórum ResetEra, muitos usuários revelaram que a cena não é ruim simplesmente por ser problemática, mas também por ser completamente mal escrita.

“Não consigo dizer se estou ofendido como uma pessoa negra ou como alguém que respeita roteiros em geral. Essa fala não seria aceita nem em um script de CSI Miami”, comentou outro internauta.

Confira abaixo a polêmica cena de Cowboy Bebop e tire suas próprias conclusões.

A primeira temporada de Cowboy Bebop está disponível na Netflix.

Publicidade