Publicidade

Caso sério

Homem abusa de criança de 6 anos em castelo de Bridgerton e não é preso após acidente

Agressor foi considerado inapto de ser julgado

Publicado por Guilherme Coral

17/11/2021 14:39

Simon Howard, aristocrata que abusou sexualmente de garota de 6 anos, além de ter tentado estuprar outra mulher no Castle Howard, utilizado nas gravações de Bridgerton, não foi preso pelo crime. Ele sofreu um acidente e foi considerado inapto para ser julgado.

Howard sofreu uma queda que causou danos cerebrais irreversíveis dois anos após a primeira vítima ter ido à polícia. A Justiça considerou que as sequelas foram severas o suficiente para impedir o julgamento.

Os incidentes teriam ocorrido há décadas no Castle Howard. O palácio é usado pela série Bridgerton, da Netflix, e também já foi utilizado por outras icônicas produções, como Lady L e Memórias de Brideshead.

Após julgamento, o júri determinou que Howard abusou sexualmente da jovem na década de 1980. O abuso sexual teria sido “varrido para baixo do tapete”, conforme a vítima.

Apesar disso, o juiz Sean Morris determinou que a única opção aberta por ele pela lei era a “dispensa absoluta”, tendo em vista o acidente e as sequelas de Howard. O nome do agressor, no entanto, será vinculado ao registro nacional de agressores sexuais por cinco anos.

A história de Bridgerton na Netflix

A produção acompanha a história da Família Bridgerton, um clã de aristocratas vivendo em Londres durante o período da Regência, no início do século XIX.

Mesmo durando poucas décadas, a Regência é conhecida como uma época de grandes avanços e tendências diferenciadas nas belas-artes, arquitetura, moda e etiqueta.

A primeira temporada de Bridgerton foca principalmente na primogênita dos Bridgerton: Daphne. A jovem procura pelo amor verdadeiro e um casamento à altura após ser apresentada à sociedade em 1813 pela Rainha Charlotte.

Enquanto lida com as expectativas da elite, Daphne é obrigada a lidar com os escandalosos boatos divulgados pela Lady Whistledown, a misteriosa autora de um “boletim de fofocas” publicado semanalmente.

Na segunda temporada, o foco passa para Anthony. Até por conta disso, Daphne terá uma presença menor.

Embora não seja a showrunner da produção da Netflix, Shonda Rhimes mantém grande influência como produtora executiva. O comando da série fica com Chris Van Dusen.

O elenco de Bridgerton é formado principalmente por atores britânicos, muitos deles eram desconhecidos do público internacional.

A série conta com Phoebe Dynevor (Younger), Regé-Jean Page (For the People), Jonathan Bailey (Doctor Who), Nicola Coughlan (Derry Girls), Claudia Jessie (Call The Midwife), Adjoa Andoh (Invictus), Lorraine Ashborn (King Kong), Sabrina Bartlett (Game of Thrones), Harriet Cains (In The Flesh), Bessie Carter (Os Miseráveis) e Ruth Gemmell (Penny Dreadful) em seu elenco.

Bridgerton está disponível na Netflix. A segunda temporada chega em 2022.

Publicidade