Publicidade

Trama emocionante

Maid: O que aconteceu com Stephanie Land na vida real

Minissérie da Netflix é baseada em história real de escritora americana

Publicado por Redação

08/11/2021 11:00

Se você gosta de séries emocionantes e baseadas em histórias reais, Maid tem tudo para se tornar sua próxima obsessão. A trama da minissérie de 7 episódios é uma adaptação do livro “Maid: Hard Work, Low Pay and a Mother’s Will to Survive” (Faxineira: Trabalho Duro, Salário Baixo e a Vontade de uma Mãe para Sobreviver), best-seller autobiográfico de Stephanie Land.

Maid acompanha a história de uma jovem mãe solteira, que deixa um relacionamento abusivo e constrói um futuro brilhante com muito esforço.

“A incrível história de sobrevivência e determinação de uma jovem mãe enquanto navega pelo mundo da pobreza e abuso, lutando para encontrar seu valor”, afirma a descrição oficial divulgada pela Netflix.

O site Yahoo! News revelou tudo que aconteceu com Stephanie Land após o lançamento de seu livro, e por onde anda a autora atualmente; veja abaixo.

A história real de Maid na Netflix

Maid acompanha a história de Alex, um jovem que deixa para trás um relacionamento tóxico e abusivo, e luta para sustentar a filha e construir um futuro melhor com seu emprego de faxineira.

A série traz Margaret Qualley (Era uma Vez em Hollywood) como Alex, uma jovem obrigada a começar a vida do zero após abandonar o namorado abusivo. Disposta a tudo para garantir uma rotina estável para a filha pequena, a protagonista começa a trabalhar como faxineira e busca ajuda do governo.

A trama de Maid progride basicamente como um videogame, no qual Alex tem que ultrapassar uma série de obstáculos: ela precisa de um emprego para garantir os benefícios do governo, mas não pode encontrar um serviço sem ninguém para cuidar da filha Mia.

Com sua história emocionante e uma performance excelente de Margaret Qualley, Maid alcançou os impressionantes 100% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Após o lançamento do livro Maid, em 2019, Stephanie Land vendeu os direitos de adaptação da história para a Netflix. A plataforma, por sua vez, contratou John Wells (Shameless) e Margot Robbie (Aves de Rapina, Esquadrão Suicida) como produtores da série.

Na vida real, a jornada de Land foi tão árdua quanto a de Alex na minissérie. Quando a escritora deixou o namorado, não contava com qualquer apoio da família.

Inicialmente, a jovem ficou na casa do pai, mas também decidiu se mudar quando ele se tornou violento.

Stephanie e a filha pequena se mudaram para um bairro de casas populares na região metropolitana de Seattle. Para pagar as contas, a escritora trabalhou como faxineira – sem férias ou folgas.

A autora também passou por grandes problemas para garantir o apoio do governo, tendo que preencher mais de 7 formulários para provar sua elegibilidade em programas sociais. No livro, Land fala sobre como a burocracia prejudica as pessoas mais pobres, e muitas vezes impede que elas consigam um futuro melhor.

Nos anos subsequentes, Stephanie e a filha se mudaram diversas vezes. Em uma dessas ocasiões, as duas passaram mal após serem contaminadas com mofo.

Eventualmente, Stephanie Land conseguiu se matricular no curso de “Escrita Criativa” da Universidade de Montana. A autora se formou em 2014, e iniciou uma carreira como redatora freelancer.

Antes de escrever seu livro, a autora publicou textos em sites como Vox e recebeu um prêmio importante do Center for Community Change.

Hoje em dia, Stephanie Land aproveita os frutos de seu trabalho duro, junto com o marido Tim Faust, quatro filhos e dois cachorros.

Fãs de Maid na Netflix podem acompanhar a rotina atual de Stephanie Land no Instagram da autora. Veja abaixo algumas fotos.

Publicidade