Publicidade

Contém spoilers

Profecia do Inferno: Como destino de personagem prepara 2ª temporada

Retorno de Park Jung-ja abre caminho para a continuação da série na Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

25/11/2021 18:30

Após Round 6, Profecia do Inferno se tornou o maior sucesso sul-coreano da Netflix. Quem já conferiu os 6 episódios da série sabe que a primeira temporada termina com um final em aberto – e de acordo com o site Den of Geek, o destino do personagem Park Jung-ja tem tudo para abrir o caminho para a continuação.

Vale lembrar que, pelo menos até o momento, a Netflix não renovou Profecia do Inferno para a 2ª temporada. Mas dado o sucesso internacional da série, sua estrutura narrativa e o final pouco conclusivo, tudo indica que a produção terá no mínimo uma sequência.

O sexto e último episódio da 1ª temporada de Profecia do Inferno não tem a estrutura de um desfecho de série, mas sim de um fim de temporada.

No final das contas, é pela audiência da produção que a Netflix deve decidir se renova ou cancela Profecia do Inferno. Como a série figura no Top 10 de diversos países, sua renovação é uma aposta sólida.

O destino de Park Jung-ja e a 2ª temporada de Profecia do Inferno

Caso a Netflix dê o sinal verde para a produção da 2ª temporada de Profecia do Inferno, tudo indica que os novos episódios vão focar principalmente no misterioso retorno de Park Jung-ja

A volta da personagem no final da primeira temporada deixou muitos fãs confusos. Por que a primeira vítima das criaturas sobrenaturais volta à vida? Todas as outras vítimas também voltarão? Ou a personagem é, de alguma forma, especial?

Todas essas questões podem ser respondidas na 2ª temporada, que também pode abordar o que aconteceu com Park entre sua morte e ressurreição. Será que a personagem foi parar em outro mundo? Os fãs querem saber.

Muitos espectadores acreditam que a ressurreição de Park tem a ver com a sobrevivência de Toughie, que mesmo após ter sua morte declarada pelos Anjos, acaba sobrevivendo à Demonstração.

Não podemos concluir, pelo menos por enquanto, que a ressurreição de Jung-ja aconteceu logo após a sobrevivência de Toughie, já que a série costuma contar com saldos temporais. Mas a sequência de eventos, no mínimo, implica uma conexão entre os dois eventos.

Normalmente em histórias como a de Profecia do Inferno, o Universo precisa de “equilíbrio”. Ou seja, se uma pessoa que deveria morrer acaba sobrevivendo, outro alguém precisa falecer em seu lugar.

No caso de Toughie, os pais da bebê morrem para mantê-la segura, queimados vivos pelos Executores.

Tematicamente, existe uma conexão entre Park Jung-ja e os pais de Toughie. Ambos mostram uma devoção irredutível à sobrevivência dos filhos, acima de qualquer outra coisa.

Jung-ja só aceita ter sua morte brutal transmitida ao vivo pela Nova Verdade para assegurar que seus filhos viveriam economicamente confortáveis após seu falecimento.

Em uma cena de partir o coração, a personagem afirma que sua sentença de morte foi a melhor coisa que poderia ter acontecido – já que oferece a uma mãe solteira a oportunidade de garantir o futuro dos filhos.

A 1ª temporada de Profecia do Inferno já está disponível na Netflix.

Publicidade