Publicidade

Furo no roteiro

Profecia do Inferno deixa fãs confusos com detalhe do mundo real

Internautas questionam aspecto ausente no novo sucesso sul-coreano da Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

23/11/2021 19:00

Com uma trama sobrenatural e repleta de reviravoltas, Profecia do Inferno está fazendo muito sucesso na Netflix. Apostando em elementos de realismo fantástico, a produção sul-coreana mostra criaturas monstruosas causando o maior caos no mundo humano. Muitas pessoas que assistiram à série ficaram confusas com um detalhe em especial: a ação (ou ausência de ação) do Governo.

“Quando criaturas sobrenaturais começam a mandar pessoas para o inferno após condenações brutais, surge uma seita religiosa que tem a justiça divina como maior preceito”, afirma a sinopse oficial divulgada pela Netflix.

Essas criaturas são os Anjos – cabeças flutuantes que revelam a data da morte dos ‘escolhidos’ – e os Executores, gigantes monstruosos que punem os “pecadores” e os mandam para o Inferno.

Nesse cenário complicado, o Governo surpreende por não intervir. O site Looper explicou tudo sobre a decisão narrativa e as dúvidas dos fãs; confira abaixo.

Por que o Governo não interfere na trama de Profecia do Inferno?

Após a cena que mostra a primeira vítima dos monstros, Profecia do Inferno introduz ao público a Força Policial da Coreia do Sul.

Os policiais pareciam realmente interessados em enfrentar as criaturas, mas muitos espectadores estranharam a ausência de apoio do governo. A polícia não contou com o suporte de forças militares mais expressivas ou de qualquer outro tipo de intervenção governamental.

Como as ocorrências sobrenaturais estariam acontecendo no mundo todo, o fato dos governos locais não intervirem na situação é, no mínimo, estranho.

Profecia do Inferno é uma produção sul-coreana, e por isso, faz sentido as sequências de ação acontecerem em uma única área. Mas parte dos espectadores ainda acredita que a série deveria ter, pelo menos, citado a reação dos líderes mundiais.

“Onde estão as forças militares e os governos do mundo após a chegada dessas criaturas? O fato dos monstros só serem enfrentados pela polícia é ridículo e difícil de acreditar”, comentou um fã da série no Reddit.

Reações e sentimentos parecidos também foram ecoados por outros usuários da rede social, que criaram teorias para o fenômeno.

“Se essas criaturas estavam aparecendo no mundo todo, por que a série não mostra clipes de outros países ou qualquer envolvimento do presidente sul-coreano? Um evento como esse, com certeza, teria uma resposta contundente dos níveis mais importantes do governo. Mas a série só mostra alguns repórteres discutindo o assunto na TV”, comentou outro fã.

O alcance mundial das criaturas sobrenaturais de Profecia do Inferno pode ter mais detalhes revelados na continuação da série – caso seja encomendada pela Netflix.

Até o momento, Profecia do Inferno ainda não foi renovada para a 2ª temporada. Os 6 episódios da série estão disponíveis na Netflix.

Publicidade