Publicidade

Bastidores

The Crown: Saída de amiga de Diana e escalação polêmica marcam 5ª temporada

Série da Netflix volta em novembro de 2022, mas já possui história complicada

Publicado por Bruno Tomé

11/11/2021 10:00

A quinta temporada de The Crown chega em novembro de 2022, mas os bastidores têm uma história própria e polêmica. Uma amiga de Diana abandonou a produção, ao mesmo tempo que uma atriz é criticada por entrar na série da Netflix.

O The Sunday Times nota que a empresária Jemima Khan, que teve uma amizade com a Lady Di, decidiu deixar a posição de consultora de roteiro. A publicação diz que Jemina teria achado o script “desrespeitoso” com a história de Diana.

Com isso, teria pedido para sair e que todos os créditos dela fossem removidos. Jemima tinha principalmente conhecimento sobre as relações de Diana com o médico Hasnat Khan (primo do ex-marido da empresária) e com Dodi Fayed.

A produção de The Crown respondeu afirmando que Jemima não era uma consultora, mas sim uma “fã, amiga e apoiadora pública”.

O jornal também diz que a saída pode ter acontecido pelo fim do namoro da empresária com o roteirista e criador da série da Netflix, Peter Morgan. Jemima deixou o seriado após o romance terminar e Morgan voltar com a ex, a atriz Gillian Anderson, que também está no seriado.

A confusão nos bastidores, porém, não para por aí.

Escalação em The Crown causa polêmica

Na quinta temporada, The Crown terá a atriz Natascha McElhone (Californication) no papel de Penelope Knatchbull. Porém, essa escalação gera polêmica pelo padrasto da artista ser um apoiador do Exército Republicano Irlandês (IRA).

O grupo de paramilitares lutou contra a Inglaterra e em uma das ações matou um membro da família real do Reino Unido. Acontece que o neto dessa vítima é o marido de Penelope, a personagem de Natascha.

O padrasto dela é o jornalista e escritor Roy Greenslade. Em artigo do The Times, Roy disse apoiar as campanhas da IRA desde os anos 1970.

Penny Junor, biógrafa especializada na família real, comentou que a escalação foi insensível. Mesmo assim, pediu que os fãs de The Crown não julguem a atriz da condessa de Mountbatten pelas palavras do padrasto.

“Isso mostra falta de respeito. É claro, você não pode atribuir os pecados do pai à filha, mas há muitas atrizes por aí. Parece um dedo do meio”, disse Penny ao The Telegraph.

Na quarta temporada, The Crown, inclusive, chega a mostrar a morte de Louis Mountbatten. O conde foi morto em 1979, aos 79 anos. O neto dele, casado com Penelope, é Norton Knatchbull.

O que aumenta a polêmica é que uma entrevista da atriz de 2009 foi recuperada. Nela, Natascha destacou que Roy “é uma inspiração” por ter sido “um grande ativista”.

The Crown tem quatro temporadas na Netflix. O quinto ano chega em novembro de 2022.

Publicidade