Mais do que você gosta.

Publicidade

Consequências sérias

CSI mudou investigações da vida real de maneira surpreendente

Séries policiais podem ter deixado jurados mal acostumados

Publicado por Guilherme Coral

16/12/2021 10:51

Há uma teoria que aponta que séries policiais como CSI: Investigação Criminal, Law & Order: SVU, dentre outras, afetaram investigações da vida real. Isso é chamado de Efeito CSI e pode ter sérias consequências.

A teoria aponta que jurados têm menos chances de condenar alguém caso não exista evidência forense, como impressões digitais, DNA, informações balísticas, etc.

Continua depois da publicidade

Na teoria, isso funcionaria para garantir uma justiça menos falha. Contudo, investigação forense não funciona como na televisão.

Conforme o Looper, que cita a National University como fonte, conectar um indivíduo a uma cena do crime por meio de impressão digital pode levar anos, não dias ou horas como na TV.

O efeito CSI preocupa tanto os especialistas que o Instituto Nacional de Justiça dos EUA (NIJ) realizou uma pesquisa para saber se o fenômeno é real.

Efeito CSI existe?

No fim, o estudo “não revelou o dito Efeito CSI”, mas porque não havia evidência o suficiente para provar isso. No entanto, eles descobriram algumas coisas a mais.

Por causa de CSI, mais pessoas esperam ver evidências de DNA em crimes mais violentos, especialmente em casos de estupro. Nesse caso, 73% dos entrevistados esperam ver evidências forenses,, o que nem sempre existe.

Em outros tipos de crimes, no entanto, testemunhas oculares, ou o testemunho das vítimas são o suficiente para condenar alguém.

Assim sendo, CSI e outras séries policiais podem surtir um efeito negativo na vida real, criando expectativas impossíveis em jurados, que vão esperar testes de DNA ou algo assim nos julgamentos.

CSI: Investigação Criminal está disponível no HBO Max.

Publicidade