Mais do que você gosta.

Publicidade

Deu o que falar

Morte polêmica de The Witcher é explicada

Série é bastante popular na Netflix

Publicado por Victor Carvalho

22/12/2021 22:01

Contém spoilers

A produtora Lauren Schmidt Hissrich explicou a polêmica morte de Eskel na segunda temporada de The Witcher. Esse acontecimento gerou muito debate entre os fãs, já que o personagem é bastante querido.

Inicialmente, o plano era que outro bruxo fosse morto, mas a produtora achou que não teria peso na narrativa. Além disso, ela acredita que a morte de Eskel era importante para impulsionar Geralt na história.

Continua depois da publicidade

“Sabíamos que tínhamos que matar alguém naquele episódio”, disse a produtora de The Witcher em uma entrevista compartilhada pelo Comic Book.

A controversa morte de Eskel

“Nós sabíamos que queríamos que um monstro surgisse e tivesse algo a ver com Ciri, e eles perceberiam que trazer essa garota para sua fortaleza mudaria fundamentalmente as coisas.”

“Honestamente, na primeira versão do roteiro, havia um novo bruxo, que nunca tinha aparecido antes.”

“Sabe quem morreria? Esse novo bruxo. Pensamos muito nisso e eu sei que existem fãs de Eskel que não entendem a nossa decisão.”

“Mas, sinceramente, a morte dele é o que muda tudo para Geralt e acho que impulsiona Geralt.”

“Ele precisa descobrir o que está acontecendo com Ciri e fazer isto rápido, porque ele sabe que pode perder tudo. Nós só queríamos motivar uma jornada para ele.”

The Witcher é estrelada por Henry Cavill como Geralt. No cinema, ele é mais conhecido por ter interpretado o Superman.

The Witcher está disponível pela Netflix.

Publicidade