Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

Netflix destrói completamente triângulo amoroso de The Witcher

Nova temporada traz grandes reviravoltas para Geralt, Yennefer e Triss

Publicado por Alexandre Guglielmelli

25/12/2021 10:00

Embora esteja fazendo muito sucesso na Netflix, a 2ª temporada de The Witcher acaba com o maior triângulo amoroso da série. Os novos episódios destroem completamente as expectativas dos fãs para uma relação conturbada entre Geralt, Triss e Yennefer. O site Screen Rant explicou porque isso acontece e o que essa mudança significa para o futuro da saga; veja abaixo.

Na primeira temporada de The Witcher, cenas românticas aconteceram apenas entre Geralt e Yennefer. Mas fãs dos games e dos livros de Andrzej Sapkowski sabem que o protagonista de Henry Cavill também se interessa pela feiticeira Triss.

Continua depois da publicidade

Como uma série épica de fantasia, The Witcher não tem o romance no centro de sua trama. No entanto, muitos fãs desejam relações amorosas entre os personagens – o que aumentaria também o número de cenas quentes.

Mas devido aos eventos da 2ª temporada, tudo indica que os enredos românticos terão uma importância ainda menor no futuro da série.

Por que The Witcher acaba com o triângulo amoroso na Netflix?

Em “Redanian Intelligence”, o quarto episódio da segunda temporada de The Witcher, Triss dá uma cantada em Geralt, pedindo ao personagem de Henry Cavill para deitar-se com ela.

Mesmo expressando claramente que se importa com a feiticeira, Geralt declina a proposta de Triss, aparentemente por acreditar que a personagem é boa demais para ele.

Geralt acaba se reencontrando com Yennefer na reta final da segunda temporada, e um vislumbre rápido de romance parece indicar que a relação do protagonista e Triss realmente chegou ao fim.

Segundo o Screen Rant, a decisão da Netflix de não adaptar para as telas o triângulo amoroso de The Witcher está relacionada à conexão entre Geralt e Yennefer.

Além de proporcionar alguns dos conflitos mais importantes da primeira temporada, o romance tumultuado do Witcher e da feiticeira continua como uma das principais motivações para Geralt e Yennefer no segundo ano.

O romance não é crucial apenas para o desenvolvimento dos dois personagens, mas também para a trama de Ciri.

Dito isso, ainda existe a possibilidade da Netflix reavivar o affair de Geralt com Triss no futuro, criando assim mais conflitos para um relacionamento já bastante tumultuado.

A relação de Geralt e Yennefer foi essencial para diversos eventos importantes da primeira temporada.

O desejo de Yennefer de ter filhos inspira a personagem a buscar Ciri, e a afeição da feiticeira por Geralt também contribui para sua decisão de não trair a Princesa no Monolito Partido.

Yennefer desenvolve uma grande ligação com Ciri, que é basicamente a filha adotiva de Geralt, e o final da 2ª temporada indica que a personagem de Anya Chalotra continuará intimamente envolvida no treinamento da Princesa.

Mas como o relacionamento de Yennefer e Geralt é ancorado em mentiras e enganos, Triss pode voltar para “roubar” o amado da feiticeira.

É interessante citar que Triss é basicamente uma antítese de Yennefer. A personagem é gentil, calma, compreensiva e carinhosa, diferenciando-se do temperamento durão e calculista da feiticeira.

Ou seja, se Yennefer e Geralt entrarem em conflito novamente, o personagem de Henry Cavill pode ir direto para os braços de Triss.

A 2ª temporada de The Witcher está disponível na Netflix.

Publicidade