Mais do que você gosta.

Publicidade

Denúncia

Popular série da Netflix é cancelada após escândalo de assédio

After Life, com Ricky Gervais, teve produtor acusado de conduta problemática

Publicado por Alexandre Guglielmelli

15/12/2021 21:30

Das acusações de “glamourização do suicídio” em 13 Reasons Why a pedidos de boicote a filmes como 365 DNI, a Netflix tem controvérsias para dar e vender. Recentemente, a plataforma divulgou a data de estreia da terceira (e última) temporada de After Life, série de Ricky Gervais cancelada após um escândalo de assédio sexual. O site PopCulture explicou tudo sobre o assunto; veja abaixo.

“Desconsolado com a morte da mulher, Tony se transforma num cara insuportável na tentativa de espantar todos que querem ajudá-lo”, afirma a sinopse oficial da série.

Continua depois da publicidade

Os bastidores de After Life foram abalados quando 11 mulheres acusaram Charlie Hanson – produtor e colaborador de longa data de Ricky Gervais – de assédio sexual. Ele foi removido do projeto dias após o jornal britânico The Times publicar os relatos, em maio deste ano.

Nas últimas semanas, a Netflix confirmou que a 3ª temporada da série será realmente a última, e definiu a data de estreia dos novos episódios para 14 de janeiro de 2022.

O escândalo do produtor de After Life na Netflix

Em maio de 2021, o jornal The Times publicou excertos de uma carta que as vítimas de Charlie Hanson escreveram para a Netflix e o BAFTA – a premiação mais importante do entretenimento britânico.

O documento afirma que Hanson é “um predador que usa sua reputação, conexões e prestígio para seduzir mulheres mais jovens, impressionáveis, e muitas vezes vulneráveis”.

A acusação afirma que o produtor costumava prometer às vítimas uma “carreira estelar”, antes de usar a confiança delas de maneiras “problemáticas e ilegais”.

“Ele tenta diminuir a seriedade do que fez dizendo para essas jovens mulheres – nós – que o que aconteceu não foi tão ruim, e que ele não tem culpa. Ele tenta se convencer que o seu método de trabalho é normal. Mas sabemos que não é assim”, afirma a carta.

Hanson negou as acusações em uma nota oficial, divulgada primeiramente à revista Variety.

“Com base nos relatos que me foram fornecidos, entendo que muitas dessas acusações foram feitas de forma anônima e são comprovadamente falsas”, alega o produtor.

Consequências sérias

O produtor de After Life também afirmou que o assunto está sendo resolvido por seus advogados, e que deve cooperar com qualquer investigação formal.

“Já apoiei centenas de homens e mulheres durante minha trajetória profissional e farei o que for necessário para proteger e/ou restaurar minha reputação. Também cooperarei com quaisquer consultas formais”, comentou o produtor.

A organização do BAFTA, que havia premiado Hanson pelo programa de esquetes Big Impression, rescindiu imediatamente a filiação de Charlie Hanson.

“Fomos apresentados a uma série de alegações muito sérias e detalhadas sobre um indivíduo, e embora não sejamos seu empregador, imediatamente tomamos a decisão de suspender sua associação”, confirmaram os representantes da British Academy of Film and Television Arts.

Os responsáveis pela Netflix Reino Unido & Irlanda também removeram Hanson dos créditos de After Life e da vindoura 3ª temporada.

“Embora as alegações não tenham relação com o trabalho de Hanson em After Life, nós imediatamente o removemos da produção e encaminhamos o assunto à polícia”, afirmou a plataforma.

A temporada final de After Life estreia na Netflix em 17 de janeiro de 2022.

Publicidade