Publicidade

Reviravolta

Série do Chucky responde mistério de 30 anos sobre Brinquedo Assassino

Fim da primeira temporada traz conexão direta com Brinquedo Assassino

Publicado por Guilherme Coral

01/12/2021 13:03

Alerta de spoilers

A cena de abertura do primeiro Brinquedo Assassino, de 1988, mostra Charles Lee Ray sendo perseguido pela polícia. O episódio final da primeira temporada da série Chucky traz uma conexão direta com essa sequência.

No início, vemos o assassino, ainda em forma humana, entrando em uma loja de brinquedos, onde tenta fugir do detetive Mike Norris. Ele é baleado e lá dentro recita palavras mágicas que fazem com que a alma dele entre no boneco icônico.

Agora, a série Chucky revela como o assassino foi encontrado pela polícia. Nesse capítulo final do primeiro ano, Tiffany e Chucky estão brigando. Nesse momento ela revela um grand esegredo.

“Você já se perguntou como os policiais te acharam aquela noite em Chicago?”, diz a personagem. Então vemos um flashback que nos leva de volta para os anos 1980. Tiffany reclama que ela e Chucky não matam mais juntos e ele deixa o apartamento.

Assim que ele sai, ela liga para a polícia e pede para falar com o detetive Mike Norris, isso revela que Tiffany entregou Charles Lee Ray para as autoridades, dando início à franquia toda.

Mais sobre Chucky

“Depois de um brinquedo antigo do Chucky aparecer em uma venda de garagem, a cidade se torna um caos e assassinatos horríveis começam a expor os segredos locais”, diz a sinopse da série.

O elenco conta com o retorno do dublador original do personagem, Brad Douriff. Jennifer Tilly, que dá voz à noiva do Chucky, Tiffany Valentine, também retorna para essa produção.

Chucky está disponível no Brasil pelo Star+.

Clique aqui para assinar o Star+ e conferir a série do Brinquedo Assassino.

Publicidade