Mais do que você gosta.

Publicidade

Mudanças

A Roda do Tempo: 5 coisas dos livros que a série piorou

Produção do Prime Video adapta a extensa obra de Robert Jordan

Publicado por Alexandre Guglielmelli

09/03/2022 22:00

Após um investimento considerável do Prime Video, A Roda do Tempo lançou sua primeira temporada – e foi renovada para o segundo ano mesmo antes de estrear. Ambientada em um expansivo muito de fantasia, a produção é baseada nos livros de Robert Jordan. Certos aspectos da obra original foram modificados na adaptação – alguns deles, para o bem da história e outros, nem tanto.

“As vidas de cinco jovens mudam para sempre quando uma mulher estranha e poderosa chega dizendo que um deles é a criança de uma antiga profecia, com o poder de alterar o equilíbrio entre Luz e Trevas para sempre”, afirma a sinopse de A Roda do Tempo no Prime Video.

Continua depois da publicidade

Embora não tenha alcançado o almejado sucesso de Game of Thrones, a 1ª temporada da série foi bastante elogiada pela crítica especializada, e fez um ótimo trabalho ao conquistar fãs da obra de Robert Jordan e espectadores que não conhecem a história original.

O site CBR revelou 5 aspectos dos livros que foram piorados pela adaptação de A Roda do Tempo no Prime Video; confira abaixo e tire suas próprias conclusões.

Ausência de personagens importantes em A Roda do Tempo

Como a história original de A Roda do Tempo conta com centenas de personagens em posições importantes, era de se esperar que alguns deles se ausentassem da primeira temporada. Mas mesmo assim, os fãs sentiram falta de figuras icônicas dos livros de Robert Jordan.

A ausência de Elyas Machera, Bayle Domon e Lord Ingtar, particularmente, foram bastante criticadas por entusiastas da obra literária. Mas tudo indica que esses personagens farão suas estreias nas próximas temporadas da produção.

Ambientação do mundo de fantasia

A Roda do Tempo é uma série com belíssima fotografia. A jornada dos personagens principais se desenvolve em montanhas nevadas, florestas densas e planícies de tirar o fôlego. Mesmo assim, a produção do Prime Video falha em capturar a vastidão do mundo criado por Robert Jordan.

Isso acontece pelo ritmo da série. Os livros passam um bom tempo descrevendo locais como os Campos de Edmond, a pequena cidade de Baerlon e locais como Caemlyn e Tar Valon. Grande parte dessas ambientações não aparecem na série, o que torna o universo da produção um tanto quanto menor.

Ritmo acelerado

Embora o ritmo dinâmico seja um dos pontos fortes da primeira temporada de A Roda do Tempo, certos aspectos importantes dos livros acabam sacrificados em nome de uma transição mais fluida. A maioria desses aspectos envolve o desenvolvimento emocional dos personagens, marcado por momentos pequenos, mas importantes.

A inclusão desses momentos poderia tornar A Roda do Tempo uma história mais íntima, com momentos de importante caracterização nos arcos dos personagens principais. Por outro lado, poderia desagradar parte dos fãs, que passaria a considerar a série “entediante”.

Nuance em A Roda do Tempo

Considerando o tamanho dos livros de A Roda do Tempo, o fato do Prime Video transformar a primeira obra em uma temporada de 10 episódios significa que certas tramas seriam esquecidas. Essas mudanças são importantes para estabelecer o ritmo da história, mas acabam sacrificando parte da nuance dos livros.

Embora alguns desses cortes façam muito sentido sob um ponto de vista produtivo, outros – como a natureza infame da lâmina de Rand, seu treinamento com Lan e o desenvolvimento de sua amizade com Loial – poderiam ter sido adaptados na trama do Prime Video.

Mudanças nos personagens

Game of Thrones é um bom exemplo de uma série que seguiu à risca seu material-base (enquanto ele durou, pelo menos). A Roda do Tempo do Prime Video, por outro lado, busca capturar a essência da história, ao invés de adaptar todos os detalhes.

Algumas modificações, no entanto, aconteceram em detrimento de personagens importantes. A introdução (e subsequente morte) da esposa de Perrin, por exemplo, é uma delas. Além disso, o fato da série ter transformado Mat de um adorável forasteiro para um criminoso amargurado, deixou um gosto amargo na boca de muitos fãs.

Publicidade