Mais do que você gosta.

Publicidade

Tenso

A Vizinha da Mulher na Janela usa um dos elementos mais perturbadores do terror

Reviravolta da série da Netflix costuma chocar espectadores quando é utilizada

Publicado por Bruno Tomé

03/02/2022 18:30

Alerta de spoilers

A Vizinha da Mulher na Janela tem uma grande reviravolta no fim na Netflix. A trama segue Anna, que presencia assassinatos na vizinhança e é até acusada de um.

No começo da história, a protagonista lida com a morte da própria filha. Ela conhece o vizinho Neil, com os dois parecendo se conectar pelo luto – o homem perdeu a esposa.

Continua depois da publicidade

Tudo começa a dar errado quando Lisa, a nova companheira de Neil, aparece em A Vizinha da Mulher na Janela. A mulher é morta e Anna termina como a principal suspeita.

Anna começa a investigar para saber quem realmente matou Lisa e outras vítimas, como uma professora de Emma – a filha de Neil. Primeiro, o vizinho se torna o principal suspeito, para depois a protagonista focar em Buell, que tem um histórico de assassinatos.

A série da Netflix, porém, trouxe um dos elementos mais perturbadores do terror para fazer a revelação final.

A Vizinha da Mulher na Janela usa elemento perturbador do terror

No fim, Anna descobre que Emma, que parecia uma garota tão simpática, é na verdade uma assassina monstruosa. A personagem de A Vizinha da Mulher na Janela matou até a própria mãe.

Emma cometeu o crime contra a mãe porque Meredith descobriu estar grávida. Depois, ela tirou a vida de Lisa e atacou o próprio pai, Neil, por perder a paciência com ele.

Crianças são sempre personagens sensíveis em filmes de terror. Os fãs ficam realmente chocados quando algo acontece com as figuras menores.

A sensação se torna completamente perturbadora quando essas crianças se revelam as assassinas. Até por isso, muitos podem estar divididos com o desfecho do seriado da Netflix.

A Vizinha da Mulher na Janela está com todas temporadas na Netflix.

Publicidade