Mais do que você gosta.

Publicidade

Verdade revelada

Anatomia de um Escândalo é baseada em história real?

Saiba tudo sobre as inspirações da série britânica na Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

18/04/2022 21:00

Sucesso na Netflix, a série Anatomia de um Escândalo chegou recentemente ao catálogo da plataforma. A produção britânica não demorou a figurar no Top 10 do streaming, e quem já conferiu a trama dos 6 episódios quer saber: a surpreendente história de Anatomia de um Escândalo é baseada em eventos da vida real?

“A vida privilegiada de Sophie como esposa de um político poderoso começa a desmoronar depois que um escândalo vem à tona e ele é acusado de um crime chocante”, afirma a sinopse oficial de Anatomia de um Escândalo.

O enredo chocante da série britânica é ancorado por excelentes performances de estrelas como Sienna Miller, Michelle Dockery, Rupert Friend, Naomi Scott e Josette Simon.

Uma matéria do site CheatSheet revelou tudo sobre as inspirações de Anatomia de um Escândalo na Netflix – veja abaixo se a série é baseada em uma história real.

Anatomia de um Escândalo é baseada em história real?

Embora conte uma história bastante realista, Anatomia de um Escândalo não se baseia em eventos da vida real.

Devido à conexão da trama com o movimento #MeToo, muitos espectadores da Netflix acreditam que Anatomia de um Escândalo é inspirada em uma história real – o que não é o caso.

Na verdade, Anatomia de um Escândalo é baseada no livro Anatomy of a Scandal, escrito por Sarah Vaughan.

O livro, por sua vez, também não se baseia em eventos reais: é apenas uma história fictícia.

Na criação da trama, a escritora Sarah Vaughan se inspirou em sua rotina como repórter do jornal The Guardian – onde costumava cobrir escândalos da política britânica.

“Naquela época, eu presenciei a influência de personagens carismáticos e psicologicamente complexos. Também vi como a verdade pode ser facilmente obscurecida”, comentou a escritora em uma postagem de seu blog pessoal.

A série Anatomia de um Escândalo adapta o livro de Sarah Vaughan sobre o comando da diretora S.J. Clarkson (Succession).

De maneira semelhante à perspectiva de Sarah Vaughan, a intenção de Clarkson era oferecer ao público um vislumbre iluminador sobre os privilégios da classe política.

“Assim que terminei de ler o livro, sabia que ele poderia ser adaptado como um excelente thriller psicológico, um inquietante drama jurídico, e como a história de um casamento que termina em meio à pressão do público”, explicou a cineasta.

Embora esteja fazendo muito sucesso com o público da Netflix, Anatomia de um Escândalo divide a opinião da crítica especializada, com 61% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Anatomia de um Escândalo tem tudo para ser uma ótima série, mas sofre com a ausência de um tecido conectivo. Entretanto, seu elenco de estrelas oferece uma boa dose de mistério por si só”, comenta o consenso do site.

Anatomia de um Escândalo está disponível na Netflix.

Publicidade